Uma questão de escolha - por Isi Golfetto

Uma questão de escolha - por Isi Golfetto
"Somos feitos das nossas próprias escolhas. Por isso, coloque dentro de você apenas aquilo que vai dar elegância ao seu caminhar e leveza ao seu mundo interior." Isi Golfetto
 
A vida confia a cada um de nós a responsabilidade de moldarmos o nosso caráter através das escolhas que fazemos.
Temos a possibilidade de crescer com o sofrimento, extraindo dessa experiência o devido conhecimento ou estacionar ali, nos tornando pessoas amargas, retornando aos mesmos erros, delimitando o sentido da nossa história. 
 
Uma questão de escolha. Por Isi Golfetto
 
Aceita um convite para viajarmos dentro da nossa história? A proposta é simples: checar a própria bagagem refletindo sobre as escolhas feitas. 
Vamos imaginar que no início da nossa história a bagagem era uma valise de mão. À medida que os anos passam, a pequena valise dá lugar a uma mala maior, e depois outra maior ainda porque ao longo do percurso vamos guardando várias coisas acreditando que são ou que serão importantes em nossa vida. Só que não nos damos conta que algumas dessas escolhas estão atrasando o nosso caminhar e impedindo o nosso crescimento. 
O que vai acontecer? Em um determinado ponto do caminho essa bagagem começa a pesar. Carregar essa bagagem, então... começa a ficar insuportável. Temos duas opções:
- ficar sentado à beira do caminho esperando que alguém nos ajude a carregar a nossa bagagem, o que dificilmente vai acontecer pois todos os que passam por ali já estão com a sua própria; ou
- optar por aliviar o peso da bagagem revendo algumas dessas escolhas.
Mas quais escolhas retirar da bagagem? Como fazer isso?
Ok. O primeiro passo é retirarmos tudo de dentro da bagagem. O processo é o mesmo de quando arrumamos uma gaveta, um arquivo. Depois avaliar a sua utilidade e decidir o que recolocar. Podemos começar? Se quiser fazer o mesmo com a sua bagagem, fique à vontade.
Olha só o que encontrei aqui em cima - o amor e a amizade. Interessante... acredita que eles não pesam nada?
Hmm! Agora toquei em alguma coisa áspera, dura mesmo... e é bem pesada. E bem próximo a essa tem outras semelhantes. Haja força para tirar cada uma delas... a primeira é a raiva e ela está ocupando um espaço enorme... ao lado dela estão a mágoa, a incompreensão, a ansiedade, a preocupação, o desânimo, o medo, o pessimismo... e olha quanta tristeza espalhada por aqui...
Bem, parece que toquei em algumas coisas delicadas e leves... um sorriso... que pena, ele estava sufocado aqui... nossa, mais um... olha outro aqui. E veja só, bem próximo aos sorrisos... encontrei a felicidade!
Adivinhe o que achei agora... a paciência. Estava prensada no fundo... parece que foi bem pouco utilizada. E acredite-me, eu nem me dei conta de que não a usava tanto.
E para terminar encontrei a força, a esperança, a coragem, o entusiasmo, o equilíbrio, a gentileza, a responsabilidade, a tolerância, a gentileza e o bom humor.
E sabe o que mais tem aqui... a sabedoria. A última coisa no fundo da bagagem.
Pronto! Já está tudo do lado de fora.
Agora a missão é escolher o que recolocar na bagagem. Sabe a quem vou pedir ajuda? À sabedoria.
E você? Animado para arrumar a sua bagagem?
Duas coisas são importantes termos em mente ao refazer a nossa bagagem:
- O caminho a percorrer. Lembre-se que ele poderá ser longo e a bagagem poderá pesar novamente. Deixe a sabedoria sempre à mão. Ela vai orientar você quando essa arrumação precisar ser refeita e vai lhe ajudar a compreender o que deverá ser colocado dentro dela durante o seu percurso.
- A escolha. Aquilo que vai para dentro da sua mala é de sua livre escolha e sua também é a responsabilidade de carregar a sua própria bagagem. O peso das suas escolhas determina se você vai ficar parado ou vai seguir em frente percorrendo o caminho certo que o levará aos seus objetivos.
Agradeço a sua companhia até aqui.
Um grande abraço.
Isi
 
 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor