Valentine Cirano- Entrevistada

Valentine Cirano- Entrevistada

Assessoria de Imprensa Paola Patrício

 

É natural da cidade do RJ e mora há seis anos em São José dos Campos. É casada, tem duas filhas e atualmente é professora de idiomas. Morou nos EUA por cinco anos e há cinco leciona a língua inglesa. Desenvolveu um método próprio de ensino, trabalhou em várias escolas de idiomas e hoje tem grupos de ensino e dá aulas particulares. Aprecia a literatura e artes plásticas. Escreve há muitos anos, mas somente em 2009 tive o privilégio de publicar seus primeiros dois trabalhos.

 

“Nunca tínhamos ouvido falar de uma heroína, uma jovem semideusa filha de Zeus. Daí veio a ideia de usar uma semideusa para ser a personagem principal da aventura. Como tenho duas filhas adolescentes não foi difícil criar uma personagem de 15 anos de idade, uma guerreira menina com o sangue de Zeus.”

 

Boa Leitura!

 

Escritora, Valentine Cirano, é um prazer enorme contarmos com a sua participação no projeto Divulga Escritor, conte-nos o que a motivou a ter gosto pela escrita?

Valentine Cirano - Obrigada, é um grande prazer uma honra ser entrevistada por você. Eu comecei a escrever ainda muito jovem, aos 12 anos de idade. Eu escrevia em um caderninho preto minhas poesias, contos e crônicas. Nunca pensei que um dia poderia publicar ou mesmo me tornar uma escritora. Naquela idade era quase moda entre as meninas ter um caderninho de poesias. Algumas pessoas me motivaram na escrita, principalmente meus professores, mas eu realmente vi que tinha talento para a escrita quando minha professora de redação me disse que eu escrevia muito bem e que não deveria desperdiçar esse talento, contudo, não investi em uma carreira de escritora na época porque achava que não era boa o suficiente para tal. Perdi muito tempo e acho que deveria ter acreditado um pouco mais no meu potencial. Felizmente nunca é tarde para começar.

 

Você lançou na Bienal do Livro de São Paulo seu novo livro Átina Black e o Império de Cronos. Por que falar sobre os deuses Olímpo?

Valentine Cirano - Eu sou apaixonada por história, principalmente história grega e mitologia. Atualmente estudo história, mas muitos dos meus livros envolvem algum fato histórico ou se passam em épocas passadas, como o caso do livro Chama Imortal. Além de ser apaixonada por esse assunto, minhas filhas foram as maiores motivadoras para que eu embarcasse nessa aventura mitológica . Elas são fãs da série Percy Jackson e ao ver toda essa empolgação, percebi que deveria investir nesse segmento. E deu certo. Os jovens hoje são fãs da literatura fantástica e adoram mitologia grega, por isso o livro foi sucesso na bienal.

 

Além da pesquisa necessária para essa aventura, qual a inspiração para criar a personagem Átina?

Valentine Cirano - Eu quis fazer algo diferente. Sempre ouvimos e lemos histórias dos grandes heróis e semideuses nos livros de mitologia grega, e são sempre meninos ou homens. Até mesmo o personagem do livro Percy Jackson é um herói masculino. Nunca tínhamos ouvido falar de uma heroína, uma jovem semideusa filha de Zeus. Daí veio a ideia de usar uma semideusa para ser a personagem principal da aventura. Como tenho duas filhas adolescentes não foi difícil criar uma personagem de 15 anos de idade, uma guerreira menina com o sangue de Zeus. Foi até fácil, era só olhar o comportamento das minhas filhas para criar Átina Blake. Dei vida à personagem baseando-me nas minhas duas garotas e deu super certo. O nome Átina é grego e é uma homenagem a minha pequena sobrinha, que hoje tem 5 anos de idade.

 

Como foi a construção do enredo e personagens?

Valentine Cirano - As ideias foram surgindo no decorrer da aventura. Eu tinha imaginado alguns personagens, mas enquanto eu os desenvolvia, percebi que era preciso umas alterações em cada um deles. Átina Blake tinha amigos na escola que eram seus melhores amigos. Eles precisavam ser fortes, mas também amigos e confidentes. Blendon, o sátiro que se tornou amigo de Átina tinha que ser engraçado, mas ao longo do desenvolvimento da trama, eu achei melhor transformá-lo em um personagem também inseguro e medroso, que iria mudar e se tornar corajoso ao longo da história, pois ele iria superar seus medos e suas dúvidas. Isso deu certo, Blendon é um personagem cativante e que mostra que mesmo com nossos medos e nossas dúvidas, podemos superar todos esses desafios e nos tornarmos melhores, mostra que é possível uma mudança de pensamento e de comportamento no ser humano. Por outro lado, Átina tinha que ser corajosa, mas ao mesmo tempo tinha que ter suas dúvidas e medos, comuns na idade de 15 anos. Ela também foi crescendo na trama, foi aprendendo e foi se tornando uma verdadeira guerreira ao longo da história.

 

Qual a mensagem que você quer transmitir ao leitor através desta obra literária?

Valentine Cirano - Sempre gosto de deixar alguma mensagem nos livros que escrevo e nesse não seria diferente. Quando comecei a escrever a aventura, ainda não havia pensado em como seria o desenrolar da história, mas logo percebi que alguns pontos poderiam ser desenvolvidos e explorados, como por exemplo, a lealdade entre os verdadeiros amigos. Também como já mencionei anteriormente, a mudança de caráter dos personagens que ao longo da aventura aprendem a ter coragem, autoconfiança e, sobretudo determinação. Acho que consegui passar essa ideia ao leitor.

 

 Qual o diferencial deste livro para os outros de aventura?

Valentine Cirano - Esse livro é repleto de aventura do começo ao fim. Às vezes nos deparamos com livros de aventura da qual na metade da história a narrativa pode ficar enfadonha, mas isso não acontece no livro Átina Blake e o Império de Cronos, pois ele é adrenalina pura do começo ao fim. Eu trabalhei muito os personagens desse livro, trabalhei suas características, suas personalidades e suas aptidões. Os vilões também foram bem trabalhados e pesquisados. O interessante é que a história tem uma certa reviravolta e um final muito surpreendente. Vale a pena conferir essa aventura, é muito emocionante.

 

O livro terá continuação?

Valentine Cirano - Sim, claro. Já no final do livro tem a indicação de sua continuação. Pretendo fazer uma saga, ainda não sei quantos livros da série ainda virão, mas já prometo pelo menos mais três livros da série Átina Blake.

 

Como tem sido a aceitação do público? Qual o maior desafio?

Valentine Cirano - Tem sido muito bom. O público, principalmente jovem, tem adorado a trama e já na bienal pude ver que o livro tem tudo para ser um grande sucesso. O maior desafio é sempre a divulgação. Para entrar nas grandes livrarias ainda encontramos muita restrição pelo fato de ainda não sermos autores conhecidos ou consagrado. Aqui no Brasil ainda não temos muita aceitação por sermos autores nacionais, principalmente quando se fala em literatura fantástica, onde os maiores nomes literários estão no exterior. Mas mesmo assim continuamos lutando e acredito que as coisas já têm melhorado muito. Espero que logo o público possa conhecer mais o trabalho dos nossos grandes autores nacionais, que são muitos.

 

Falando da autora, quais são os seus hobbies? E autores favoritos?

Valentine Cirano - Tenho muitos hobbies. Adoro escrever (claro, risos), viajar, desenhar, ler meus temas favoritos e pintar. Amo minha família, é o que eu tenho de mais precioso. Meus autores favoritos são Dan Brown e Rick Riordan.

 

Para finalizar, quais as novidades que seus leitores podem esperar?

Valentine Cirano - A continuação do livro Átina Blake, “Átina Blake e a Batalha dos Semideuses” e ainda estou também escrevendo um livro (que também é literatura fantástica) com piratas, tesouros, deuses, bruxos e sereias, “ A Cruz de Marvin Jones”. Fora esses dois, já pretendo lançar o segundo livro da série Impacto Fulminante (suspense) e já tem mais um infantil, “Planeta Verde” que ainda será lançado esse ano, a continuação do livro Planeta Água. O livro já está na gráfica e creio que ainda em novembro já estará disponível no mercado. Muitas aventuras ainda virão e o público apaixonado por esse segmento pode ficar na expectativa. O livro “Átina Blake e a Batalha dos Semideuses” vai estar repleto de aventuras.

 

Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor