Venham... - por Andréia Franco

Venham... - por Andréia Franco

Venham...

 

Venham, venham

Cheguem já

Que eu vou lhes contar

A poesia precisa de alguém

Que a possa cantar

 

É preciso entoar a voz

Falar bem alto

Para que todos possam escutar

 

Não precisa ser tímido

A poesia não o quer reprimido

Quer lhe dizer palavras

Para que possas tocar tua alma

E lá no fundo adentrar

 

É preciso que a sinfonia perdure

Perdure até o amanhecer

Para que no amanhã possamos ser

Aquilo que sonhamos ser quando crescer

 

A poesia não te quer fiel

Fiel para quê?

Seja fiel a você

E a tudo que te ensina a viver

 

Publicado em 12/05/2014

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor