Vinhos-Sabor da vida - por Christina Hernandes

Vinhos-Sabor da vida - por Christina Hernandes

Vinhos

 

Sabor da vida

 

Aquela viela, as noites, tinha ar de mistério

pessoas vindas de todos os lados da cidade,

convergiam para o mesmo lugar, sem pressa,

ouviam silenciosas, melodia mais linda que ecoava a distância...

Uma fresta de luz iluminava o caminho, para seu destino,

que hora os esperavam!

As mazelas? Estas a muito tinham ficado para trás.

 

Pelas ruas, as lamparinas, refletiam sombras disformes, eróticas, proibidas...

deliberadamente a mente era envolvida pelo brilho indefinido dos contornos despidos,

homens, mulheres, cúmplices, amigos, amantes, maridos, esposas, quem sabe!

Sei apenas que estavam felizes... Sorvendo a vida.

Iam para algum lugar, digo nenhum lugar, digo todos os lugares,

juntar-se as pessoas comuns,o coração acelerando, a cada passo vencido.

 

A porta se abriu! Dentro, todos iguais,

dançando, conversando, solitários, em grupos enfim... Vivendo a noite.

a luz que antes expunha os contornos nus escancarava...

Identidade denunciada. Denunciada? Nada a ser escondido.

Cabia o degustar dos vinhos, vindos dos diversos vinhedos.

O exílio... Qual o que!Confraria conquistada.

Sabor da vida... Perpetua o prazer... Ecoa...

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor