Wilson de Oliveira Jasa - Entrevistado

Wilson de Oliveira Jasa - Entrevistado

WILSON DE OLIVEIRA JASA é Poeta, Escritor, Historiador, Jornalista, Contista, Cronista, Trovador, Sonetista, Romancista, Terapeuta Holístico. Nascido em São Paulo - SP - BRASIL. Autor dos livros: Poemas de Amor de um Paulistano, Elo Eternal, A Pedra Francesa, Poemas de Amor (Português-Espanhol), A Rosa e o Poeta (Português) (Português-Japonês) (Português-Espanhol), Pardalino o Pardal (Português) (Português-Japonês), e inúmeros livretos de Cordel. Membro de Academias de Letras e Entidades Culturais no Brasil e Exterior. Presidente da Casa do Poeta "Lampião de Gás" de São Paulo, e do Movimento Poético em São Paulo. Príncipe dos Poetas Paulistanos; Príncipe dos Sonetistas do Brasil.

 

Nossas atividades são voltadas à divulgação da Poesia, sendo a preservação do Soneto um dos principais objetivos. Além das reuniões na sede, realizamos saraus em diversos locais, assim como na Praça da Sé, sempre no dia 25 de Janeiro, homenageando a Cidade de São Paulo, junto a estátua de José de Anchieta e da estátua de São Paulo;

 

Boa Leitura!

 

SMC - Escritor Wilson de Oliveira Jasa, é um prazer contarmos com a sua participação no projeto Divulga Escritor. Conte-nos o que o motivou a ter gosto pela escrita?

Wilson Jasa - Hoje, como atual presidente da Casa do Poeta “Lampião de Gás” de São Paulo, que em novembro deste ano completará 66 anos, tenho em minhas mãos a grande responsabilidade de manter sua Bandeira hasteada em nome do Amor e da Paz através da Poesia.

 

SMC - Estou segura que é uma grande responsabilidade,  parabéns pela maravilhosa contribuição que estas a dar para o desenvolvimento literário Nacional. Conte-nos um pouco sobre a Casa dos Poetas, quais as principais atividades desenvolvidas? Quem pode participar?

Wilson Jasa - A Casa do Poeta “Lampião de Gás” de São Paulo foi fundada em 1948 por Colombina, Midelandi e outros Poetas, sendo que Midelandi é considerado um “Arquivo Vivo” por ser o único Poeta ainda vivo dos fundadores. Por aqui passaram Guilherme de Almeida, Menotti Del Picchia, Cassiano Ricardo Zica Bérgami (autora da letra e música “LAMPIÃO DE GÁS”), e tantos outros, que deixaram suas obras. Nossas reuniões acontecem todas às terças-feiras das 18:00 às 20:00 horas em nossa sede localizada no Edifício da Associação Paulista de Imprensa, rua Álvares Machado, Nº 22 – 2º andar – São Paulo - SP - Brasil. Nossas atividades são voltadas à divulgação da Poesia, sendo a preservação do Soneto um dos principais objetivos. Além das reuniões na sede, realizamos saraus em diversos locais, assim como na Praça da Sé, sempre no dia 25 de Janeiro, homenageando a Cidade de São Paulo, junto a estátua de José de Anchieta e da estátua de São Paulo; e em outros dias em associações, clubes, praças, escolas, faculdades, bienais e salões do livro. Além dos associados, todos que quiserem podem participar dos saraus com Poesia, Música, Dança.

 

SMC - Em que momento você se sentiu inspirado a escrever Literatura de Cordel?

Wilson Jasa - Comecei escrever Cordel na década de 1980, na Casa do Poeta “Lampião de Gás” de São Paulo, onde haviam membros cordelistas, que eram associados e eram nascidos em outros estados do Brasil.

 

SMC - Você tem vários livros de poesias publicados: “Poemas de Amor de um Paulistano”,  “Elo Eternal” “Poemas de Amor”... Quais os principais temas abordados em seus textos poéticos?

      Wilson Jasa - Meus principais temas são: O Amor, a Paz, Ecologia, Moral.

 

SMC - Qual a mensagem que você quer transmitir ao leitor através de seus livros escritos para o público infantil, podes nos contar um pouco sobre eles:

 

A Rosa e o Poeta – A Rosa e o Poeta é um livro de literatura infantil em prosa e verso, onde um jardim é preservado junto ao progresso da Selva de Pedra.

 

Pardalino o Pedal – Pardalino o Pardal mostra a importância da simplicidade para se ter a liberdade diante da prisão que a fama pode levar.

 

SMC - Você, hoje, é organizador de mais de 50 antologias e coletâneas, qual a previsão para publicação do próximo livro?

Wilson Jasa - De agosto próximo até dezembro está previsto o lançamento de uma Coletânea por mês. Meus livretos de Cordel estão sendo editados 2 por mês até o final deste ano.

 

SMC - Que bom, parabéns pelo dinamismo literário, onde podemos comprar os seus livros?

Wilson Jasa - Meus livros estão em algumas livrarias e bancas de jornais, ou através da minha Caixa Postal 1433 – São Paulo – SP – Brasil – CEP. 01031-970 ou pelo e-mail: wilsonjasa@gmail.com, e também pela Sociedade Mundial de Poetas, A/C de Alexandre Jazara (Sociedade da qual fui Fundador e o primeiro Presidente, sendo agora o Vice-Presidente e Presidente de Honra).

 

SMC - Quais os seus principais objetivos como escritor?

Wilson Jasa - Meus principais objetivos como escritor é deixar uma obra que possa ser útil agora e às gerações futuras.

 

SMC - Como você vê o mercado literário brasileiro?

Wilson Jasa - O mercado literário brasileiro precisa acreditar e investir no autor nacional; pois existem muitos bons escritores, que estão quase que no anonimato pela pouca ou nenhuma divulgação.

 

SMC - Pois bem, estamos chegando ao fim da entrevista, agradecemos sua participação no projeto Divulga Escritor, muito bom conhecer melhor o Escritor Wilson de Oliveira Jasa, que mensagem você deixa para nossos leitores?

Wilson Jasa - A mensagem que deixo aos leitores é que leiam mais e analisem as mensagens nas entrelinhas. Leiam e incentivem outros a lerem também; “pois um País se faz com Homens e Livros”.

  

Poeta WILSON DE OLIVEIRA JASA (21 de Setembro de 2014) Nascido na Cidade de São Paulo – SP – BRASIL, em 12 de Setembro de 1954).

 

Participe do projeto Divulga Escritor

https://www.facebook.com/DivulgaEscritor

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor