Bernadete Bruto - Colunista

Bernadete Bruto - Colunista

 

Bernadete Bruto é Natural de Recife, PE. É formada em Sociologia, analista de gestão do Metrô do Recife e atua também como poeta e declamadora, tendo três livros publicados. Suas poesias versam sobre a vida cotidiana, bem como, contem muitas reflexões existenciais, que são apresentadas numa abordagem psicossocial, sem perder, contudo, a simplicidade da forma de expressão,no desejo de atingir a todas as classes sociais. Em seus recitais, além da poesia, utiliza musicas e performances,compondo uma história,que traz alguma mensagem, no sentido de proporcionar momentos de reflexão e/ou pura diversão, uma vez que o propósito maior da autora é “falar aos corações” e deixar mensagens de alegria, esperança e fé na vida.Os recitais são realizados no local indicado pela pessoa e/ou empresa interessada.


E-mail: bernadete.bruto@gmail.com
Site: www.bernadetebruto.com

 

 

 

 

Janeiro 2014

Bernadete Bruto - Colunista

Vida Sucessiva - por Bernadete Bruto

VIDA SUCESSIVA   EM FRENTE SEMPRE NA ESTEIRA DA VIDA CONTINUAMENTE ANDANDO NESTA PASSADA MAS VALE A CAMINHADA APROVEITAR ENXERGAR ALGUMA BELEZA ONDE QUER QUE ESTEJA DENTRO DESTE RITMO EM FRENTE SEGUINDO SEMPRE NA ESTEIRA DA VIDA E SE PUDER IR BRINCANDO E SORRINDO      

A voz do tempo bom - por Bernadete Bruto

A VOZ DO TEMPO BOM                         TODA VEZ QUE OUÇO CLAUDIONOR GERMANO PARA OUTRO PLANO SOU TRANSPORTADA! UM TEMPO FELIZ DE CRIANÇA VIVENDO COM ESPERANÇA A ALEGRIA...

Escolha de sempre - por Bernadete Bruto

ESCOLHA DE SEMPRE   HAVERÁ SEMPRE UMA FRESTA ONDE NADA MAIS RESTA É NESTA RÉSTIA QUE VOU FAZER A FESTA!            

Escolhas - por Bernadete Bruto

ESCOLHAS   A NOITE CHEGA PARA TODOS. ASSIM COMO O DIA! QUER QUEIRA OU NÃO RESTA ESCOLHER PARA VIDA QUE PARTE DO DIA LEVAR NO CORAÇÃO        

Algo Além - por Bernadete Bruto

ALGO ALÉM   PERANTE A CIÊNCIA TANTAS VEZES CURVADA ACEITO A REALIDADE NÃO DISCUTO QUASE NADA.... SÓ NÃO ME CONVENÇO TOTALMENTE NA IMPASSÍVEL NEUTRALIDADE QUANDO NA CONTEMPLAÇÃO DA NATUREZA DESTE COLORIDO DE TANTA BELEZA SINTO ALGO ALÉM.      

Na Realidade - por Bernadete Bruto

NA REALIDADE   NÃO QUERO PASSAR A VIDA DE CABEÇA BAIXA COM OLHOS PRESOS NA TELA! QUERO A VIDA REAL DESFRUTAR CADA INSTANTE APROVEITANDO TUDO DELA!      

Sorrindo com K - por Bernadete Bruto

SORRINDO COM K     LETRAS AGRUPADAS FORMANDO SOM DA RISADA LINGUAGEM SEM ESTÉTICA DE UM PORTUGUES SEM ÉTICA MAS QUE FACILITOU O SENSO DE HUMOR A QUEM USOU. QUE PODEROSA ENERGIA! COM APENAS 3 LETRAS FEZ RIR ATÉ QUEM NÃO SORRIA KKK!  

Em Família - por Bernadete Bruto

EM FAMÍLIA   A FAMILIA DA VIDA A MAIOR EXPERIENCIA. A PROVA CABAL DO QUE SE PODE SER OU NÃO SER... NUMA SÓ EXISTÊNCIA.          

Acordando para a vida - por Bernadete Bruto

ACORDANDO PARA A VIDA   PELA MANHÃ COM A CIDADE INTEIRA DENTRO DO MEU QUARTO NESSE DESPERTAR INGRATO! PERCEBO COMO O SILÊNCIO  – AINDA A MELHOR MANEIRA - FAZ TANTA FALTA…      

Mudança de Hábito - por Bernadete Bruto

MUDANÇA DE HÁBITO   AQUELA MÁQUINA ABRIU A CANCELA CALADA NÃO DISSE NADA! O HÁBITO PERIGOSAMENTE NA MENTE ENTRANHA QUE FALTA A GENTE SENTE ATÉ ESTRANHA DO QUE É RUIM...          

Bienal PE Inspira - Um Novo Capítulo - por Bernadete Bruto

“UM NOVO CAPÍTULO”: LITERATURA, RESISTÊNCIA E TRANSFORMAÇÃO     NA X BIENAL DO LIVRO   SEJA NA POESIA   OU NA PROSA   NESSE EXATO MOMENTO   FOLHEIA-SE   UM NOVO CAPÍTULO   QUANDO A LITERATURA   UTILIZANDO-SE DA...

Insensatez - por Bernadete Bruto

INSENSATEZ   A VISTA ACOSTUMADA NAQUELA PAISAGEM NÃO ENXERGA MAIS NADA... QUANTA ILUSÃO DESTA VISTA EMBOTADA Á MARGEM IMAGINAR UMA ÚNICA VISÃO!      

Novas Esperanças - por Bernadete Bruto

NOVAS ESPERANÇAS   SALVE AS PEQUENAS ÁRVORES PLANTADAS SOB MEDIDA CRESCENDO AOS POUCOS DANDO SINAL DE VIDA QUANDO PARA OUTRAS TÃO ENVELHECIDAS NÃO MAIS RESTA SAÍDA...       

Tanka para a Confraria - por Bernadete Bruto

TANKA PARA A CONFRARIA   ACORDO NESTE CÉU COM AQUELE INSTANTE PUERIL DE INEFÁVEL ALEGRIA DE AZUL E ANIL      

Hokku da Confraria - por Bernadete Bruto

HOKKU DA CONFRARIA   UMA CAMELIA NO PEITO NO FUNDO DO CEU AZUCRI SENTINDO O INSTANTE … PERFEITO    

Amor Canino - por Bernadete Bruto

AMOR CANINO   UM PEDAÇO DE MIM MORRE A CADA DIA JUNTO A ESTE CÃO TÃO ADESTRADO QUE PADECE E ENVELHECE AO MEU LADO      

Vista Ampliada - por Bernadete Bruto

VISTA  AMPLIADA   TODO DIA O DIA TODO TUDO PARECE IGUAL NO FLUXO DA ROTINA. MAS NÃO É , MENINA! REPARE NESTE CÉU CINQUENTA PORCENTO - DE NORTE A SUL - METADE CINZENTO METADE AZUL.    

Envelhecendo - por Bernadete Bruto

ENVELHECENDO   ENVELHECI NÃO PERCEBI.... NEM DEI POR CONTA! APENAS EM ALGUMA HORA QUANDO O ESPELHO ME AFRONTA OU ALGUÉM ME CHAMA DE SENHORA…    

Rotulada - por Bernadete Bruto

  ROTULADA   A MARCA DO MEU CARRO PODE DEMONSTRAR QUEM SOU QUEM PRETENDO SER... OU É UMA CAPA METÁLICA A QUAL EXPONHO MEU INCONSCIENTE DESEJO DE SER ALGO MELHOR, PERTENCER A UMA CASTA, OU APENAS SER DIFERENTE?  

Dum Spiro, Spero - por Bernadete Bruto

DUM SPIRO, SPERO   ENQUANTO ESPERO O FIM DA EXISTÊNCIA RESPIRO A VIDA QUE ACONTECE NO ÍNTERIM FUGAZ   ENQUANTO RESPIRO VIVO A VENTURANÇA FAZENDO PLANO OU CONTEMPLANDO PORQUE TENHO ESPERANÇA!                           

Virtus Impavida - por Bernadete Bruto

VIRTUS IMPAVIDA       AQUELA CONDIÇÃO DE CONTENTAMENTO PURO ENRAIZAMENTO EM MEIO A VIDA TUMULTUADA                 QUE NÃO SE ABALA COM NADA PRIMEIRAMENTE VISLUMBRADA NAS PALAVRAS DA UNIVERSIDADE POR FIM...

Mea Culpa - por Bernadete Bruto

MEA CULPA   NUNCA HOUVE REAL EMPECILHO NESTA MINHA...

Colo Materno - por Bernadete Bruto

Colo Materno   Nem todo verso amoroso cheio de harmonia capaz seria possível expressar  - o que foi um dia - o bem o prazer da sua doce companhia    

Carpe Diem - por Bernadete Bruto

CARPE DIEM   ABANDONAR A RESISTÊNCIA EXPERIMENTAR O NOVO DESCOBRIR O BELO REDESCOBRINDO POESIA ONDE JAMAIS ENCONTRARIA ...E SER FELIZ!    Bernadete Bruto  

A Cada Livro - por Bernadete Bruto

A CADA LIVRO       A Cada vez que abro um livro   ao toque de páginas   delicadas ou cortantes   surgem imagens   por toda parte   do nada!   Das palavras imprensadas   em gramatura   tantas paisagens...

A Nova Mitologia Feminina - por Bernadete Bruto

A NOVA MITOLOGIA FEMININA   MENINAS CAPTURADAS NA MAIS TENRA IDADE ANTES MESMO - TAL QUAL NARCISO - PUDESSEM SE TRANSFORMAR EM FLOR   MOCINHAS ENCERRADAS NO LABIRINTO DA EXSTÊNCIA MUNDANA SEM VISLUMBRARREM SAÍDA NA ROTA TRAÇADA POR OUTROS - COMO ÍCARO - OLHOS NO SOL E ASAS...

Outra Metamorfose - por Bernadete Bruto

OUTRA METAMORFOSE   EM NOSSA CONDIÇÃO HUMANA SE A VIDA NOS RESERVA UMA CERTA DOSE DE TRAGÉDIA - DAQUELAS FEITAS NA GRECIA - NOS OBRIGANDO A ATUAR COM TODO DESGOSTO DE UMA NOVELA MEXICANA RESTA A ESCOLHA QUAL MASCARA A FACE USAR O QUE LEVAR DA EXISTENCIA -SAGRADA E PROFANA - PASSAR A VIDA A...

O Canto das Musas - por Bernadete Bruto

O CANTO DAS MUSAS   AS MUSAS DANÇAM NO AR TODA INSPIRAÇÃO QUE BROTA DO ÍNTIMO SIMPLESMENTE   AS MUSAS LANÇAM PALAVRAS ETÉREAS NESSA ASPIRAL AÉREA DO SOPRO DA ALMA INFINITAMENTE   AS MUSAS ENTOAM SIMPLESMENTE UM CANTICO DE FÉ    NUM CORO HARMONICO DAQUILO QUE...

Reuniao de Mulheres - por Bernadete Bruto

Reunião de Mulheres As mulheres quando se encontram Entrelacadas Aconchegadas Na mais pura amizade Pelo que compartilham entre si Com total solidariedade Na alegria Distribuindo risos E na tristeza Aplacando a dor E' muita inteireza! Nao ha maior riqueza Nem maior amor!

Despedida do Velho Ciclo - por Bernadete Bruto

DESPEDIDA DO VELHO CICLO   UM DIA ALGO QUE LHE DEFINIA - NO TRABALHO OU NA VIDA...

Espaço Natural - por Bernadete Bruto

ESPAÇO NATURAL                                                                        ESTE ESPAÇO COTIDIANO COMPARECIDO...

Plena Luz - por Bernadete Bruto

PLENA LUZ   POUCAS LUZES ACENDERAM ESTE ANO PELA CIDADE O QUE PODERIA SER UMA INFELICIDADE NESSE OLHAR EXTERIOR SOMBRIO NÃO FAZ...

Versos Largados - por Bernadete Bruto

VERSOS LARGADOS                LARGO VERSOS PELO CAMINHO                                     PALAVRAS APRESSADAS            ...

Fabricando poesia - por Bernadete Bruto

FABRICANDO POESIA     NO FUNDO DO VAZIO   PALAVRAS ENCONTRADAS A DEDO CATADAS PUXADAS  FIO A FIO NA FORMA ORGANIZADAS COMO UMA MELODIA DE TAL MODO ASPERGIDAS TORNANDO ENTERNECIDA A ALMA ASSIM COM CALMA NASCE A POESIA.  

Caminhando pelo mundo - por Bernadete Bruto

Caminhando pelo mundo   Não vos digo que tudo que falo eu sigo... ou até mesmo consigo! Apenas garanto pelos sons das palavras pratico persigo a razão para qual existo e acredito. Por isso mesmo insisto persisto e prossigo.   Poesia Bernadete Bruto. Foto Wagner Okasaki. Livro: Querido...

Tudo evolui - por Bernadete Bruto

Tudo evolui   Como é vantajoso ter vivido muito a evolução compreender e até agradecer presente desta natureza dentro da própria cidade ao passar num repente as portas como a vida até a mente abrem-se automaticamente.   Poesia Bernadete Bruto. Foto Wagner Okasaki. Livro: Querido Diário...

Pela livre expressão - por Bernadete Bruto

  Pela livre expressão   O dom da palavras quem tem? Quem rotulou Na verdade a expressão pura do coração? A coerção ou a liberdade???   (Poesia Bernadete Bruto. Foto Wagner Okasaki. Livro: Querido Diário Peregrino, P..93)  

Paisagismo Urbano - por Bernadete Bruto

Paisagismo Urbano   As áreas verdes da cidade hoje são construídas assim: um quadrado gramado as mesmas flores ornamentais algumas palmeiras rasteiras tudo proporcionalmente igual!   (Poesia Bernadete Bruto, Foto Wagner Okasaki. Livro: Querido Diário Peregrino, P.41)  

Houve uma terra de Índio - por Bernadete Bruto

Houve uma terra de Índio   Ela me contou sua história... A dor de uma raça apanhada capturada à unha arrancada da floresta para viver na cidade...   (Poesia Bernadete Bruto, Foto Wagner Okasaki. Livro: Querido Diário Peregrino, P. 35)  

Marchetaria da Floresta - por Bernadete Bruto

Marchetaria da Floresta   Como numa arte a vida se encaixa perfeitamente onde faz sentido passado presente e futuro   ( Poesia Bernadete Bruto, Foto Wagner Okasaki . Livro: Querido Diário Peregrino,  P. 30)  

Observando Estrelas - por Bernadete Bruto

Observando Estrelas   Não entendo de astronomia somente de sonhos me alimento Encontro a utopia olhando o firmamento naquela estrela lá no alto (apenas uma centelha) brilhando tão forte! Aí, por aqui, penso (ou imagino) Que terei mais sorte!   (Poesia Bernadete Bruto. Foto Wagner Okasaki....

Um mundo além - por Bernadete Bruto

Um mundo além   Vou também embora para Pasárgada! Ou seja qual nome for... Lá tem todo conforto da cidade, agregado a natureza. Lá todos estão bem ninguém é melhor ou pior que alguém Lá nem vai precisar de rei a fraternidade é a lei!     Poesia Bernadete Bruto. Foto Wagner Okasaki....

Hora de brincar - por Bernadete Bruto

Hora de brincar   Brinca Criança, Brinca ! Não deixe de brincar Há muito tempo para outras coisas depois o momento é de brincar Porque se não brincar agora, mais tarde, quando quiser, se precisar para a vida levar, como recordar? A hora é agora!   (Poesia Bernadete Bruto. Foto Wagner...

Perdidos na Rotina - por Bernadete Bruto

Perdidos na Rotina   A vida as obrigações da modernidade nos afasta do convívio diário com a família dos prazeres do agora Está tudo tão marcado cro-no-me-tra-do Nesta sociedade Vivemos com medo de não cumprir tarefas da pesada obrigação do que é imposto Perdemos a beleza do instante...

Rio da Cidade - por Bernadete Bruto

Rio da Cidade   Rio - Água lamacenta - Que corta Enfeia Minha Cidade Olho para este rio Que nunca vi limpo Nunca usei Nem precisei Assim pensei: - Sou da Cidade. Tenho água encanada! Quanto tempo fui enganada! Não sei se sinto mais pena de mim Ou do rio...   (Poesia Bernadete Bruto, Foto...

Mar Poluído - por Bernadete Bruto

Mar Poluído   Sujaram  Mar! Na beira do Mar Agora Lixo Um Supermercado boiando Tantas marcas de consumo Jogadas na Praia Levada pelas ondas O Mar lambuzando … Sujaram o mar ! E também sou culpada Por apenas olhar Nada faço Somente uma Poesia Para falar do Mar em agonia...   ( Poesia...

Poema maluco - por Bernadete Bruto

POEMA MALUCO   A FORAM OCM VME  XEPRSSEA AS PLAAVRSA É MREA ILSUÃO! ED UEQ VLAE A BLEEZA AD  FORAM QENAOD ÃON ÁH  UM CROAOÇÃ?   Bernadete Bruto WWW.BERNADETEBRUTO.COM   (Imagem da internet .Poesia pag.52 – Livro: Um Coração que Canta)   Página de nossa colunista...

Um bom caminho - por Bernadete Bruto

UM BOM CAMINHO   UM BOM CAMINHO É AQUELE QUE FAZEMOS TODA VEZ QUE DEIXAMOS NOSSO CORAÇÃO   UM BOM CAMINHO É AQUELE QUE ACOLHE TODAS AS DIFERENÇAS SEM JULGAMENTOS   UM BOM CAMINHO É APENAS SER O DEIXAR-SE ESTAR E AO OLHAR O OUTRO SIMPLESMENTE SE OLHAR!   Bernadete...

<< 1 | 2 | 3 >>

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor