Dentro de si - por Maria Estela Ximenes

Dentro de si  - por Maria Estela Ximenes

DENTRO DE SI

 

Dentro de si tem um rio,
Transbordando de ansiedade,
Um rio inquieto,
Esperando a  passagem   das horas  para  se acalmar,
Dentro de si clama por liberdade,
Um   grito além das águas
Aparenta   coragem que não possui,
Revela   ser forte
Mas é frágil como uma flor,

Dentro de si produz redemoinho,
Constantemente  agitado
Transborda, alaga e chora,
Não  são águas passadas,
Tampouco águas paradas,
São águas constantes,
Um ritmo inesperado,
Dentro de si já não chora,
Porque as lágrimas viraram rio.

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor