Dizer da saudade que se alonga - por Conceição Oliveira

Dizer da saudade que se alonga - por Conceição Oliveira

Dizer da saudade que se alonga

escutar o nome da morte

dor eternizada

presente

cravada

tangente

aves rasando o céu

prolongando asas

na liberdade

que nos falta.

 

Dizer da ausência

pedra arremessada ao vento

os estilhaços

no peito

ferido

aberto

ao tempo.

 

Dizer silêncios diluídos na brisa

onde as saudades grudam.

 

Guardar as cinzas na água vertida sobre os rostos.

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

        

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor