Lembranças de nós - por Lígia Beltrão

Lembranças de nós - por Lígia Beltrão

Lembranças de nós

 

Guarda-me nos teus olhos de amor

Como se eu fosse a virgem imaculada

Para um dia, quando eu me for

Lembrares que fui a tua fiel amada.

 

Guarda-me nas tuas mãos feito carícias

E no peito, alumbramento meu

Sentimento nascido nas delícias

Que nos levava lânguidos ao apogeu.

 

E quando chegar a saudade que cruel persiste

Ama-me como se eu fora a tua única amada

De um amor que agora já não existe

Mesmo que de mim já não guardes nada

 

Hei de amar-te como sempre pediste

E com o tempo, no passar dos anos

Ouvir-se-á ao longe um gemido triste...

É o choro da cama, onde tanto nos amamos!

 

Lígia Beltrão

 

21/02/2015

16h 27min

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor