Maria Tavares - Colunista

Maria Tavares - Colunista

Maria Tavares, nascida 1/1/1946 na cidade da Guarda. Casada com tres filhos 4 netos. Actualmente vivo no Porto. Frequentei a escola Comercial Industrial da Guarda no 5ª ano. Sou funcionaria da PT,  agora aposentada. Escrevo há relativamente pouco tempo e faço-o como hobby.

 

Página da colunista no Facebook

https://www.facebook.com/mariatavares0

 

Fev. 2014

Maria Tavares - Colunista

Cansaço - por Maria Tavares

Cansaço     Nas sombras   Do cansaço,   As folhas mortas   O teu abraço,   A minha coragem…   Coragem…   Que tu não suportas,   Nas noites longas   Que acordas   Cansado   Sempre e...

Alta vai a noite - por Maria Tavares

  Alta vai a noite   Escuto as vozes mudas do silencio   Não consigo dormir   Algo me assusta nesta noite   Sombras e medos se    movimentam em meu redor   Não há luz lá fora   O relógio parou   Pensamentos...

A andorinha e o pintassilgo - por Maria Tavares

A andorinha e o pintassilgo   Era uma vez uma andorinha que se apaixonou por um pintassilgo. A andorinha um dia anunciou a primavera e o pintassilgo assim que se apercebeu da sua chegada, pôs-se a cantar. A andorinha assim que o ouviu aquele cântico maravilhoso pôs-se a pensar. Pensou e...

Deixem-me Viver - por Maria Tavares

DEIXEM-ME VIVER   Tirem-me o dedo da ferida Deixem-me esquecer de ti Deixem-me viver a vida… Vida que eu nunca esqueci.   Deixem-me ser livre e viver A vida e agir por mim Amar quem eu quiser Deixem-me viver até ao fim…   Deixem-me ser eu Quero ser livre e voar… Voar nas asas que...

Beijinhos de ternura - por Maria Tavares

BEIJINHOS DE TERNURA     Meus poemas são recados   São beijinhos de ternura   Que te serão enviados   Em instantes de loucura…     São recados muito antigos   Que ainda vivem entre nós   São poemas muito...

Amar... Amar - por Maria Tavares

AMAR…AMAR   Hoje, o céu obscureceu  Uma noite escura sem luar;  Eu no meu canto a pensar Esperando o nascer do dia…   Queria que fosses só meu  E olhar com ternura o céu…!    Que o sol desponte com alegria Me traga um novo horizonte Que do céu apareça um novo...

Como me defino - por Maria Tavares

COMO ME DEFINO   Eu não preciso dizer a ninguém, o quanto sou simples, modesta, alegre, natural, genuinamente verdadeira. Porque isso, eu evidencio apenas com um simples sorriso...  Eu não preciso dizer a ninguém, o quanto sou amiga, prestável, companheira, abnegada e afectuosa. Porque...

Escrevo um poema triste - por Maria Tavares

Escrevo um poema triste Com lágrima de saudade A dor de um coração Coração sangrando Conhecendo a face fria do tempo Marcando horas inúteis Sentindo o silêncio da vida Feito sombra que vagueia dispersa Em busca de descobrir  O porquê desta tristeza   Maria Tavares      

Minha Neta - por Maria Tavares

MINHA NETA   Meu querubim da manhã Encanto do meu jardim Meu raminho de hortelã Meu perfume de jasmim... Minha neta meu segredo Que mora dentro de mim Meu amor, não tenha medo Que a vovó vela por si… Há estrelinhas no céu E nuvens brancas de algodão Minha neta meu troféu  Meu amor do...

Eterno Amor - por Maria Tavares

ETERNO AMOR   Apago a luz, olho o luar E deixo-me envolver  Nas ondas do teu olhar.  Adormeço ao teu lado E deixo-me embalar  Nos teus braços, amado. Sinto o teu calor  Nossas mãos se unem Num grande e eterno amor…!            

O teu sorriso - por Maria Tavares

O TEU SORRISO   Quando um dia deixar de sorrir Alguém me virá aqui buscar  E então sem mágoa irei partir Para o além e levarei comigo O teu sorriso em noites de luar… E quando uma estrelinha brilhar Serei eu, a mostrar o meu sorriso A todos vós que continua vivo Enquanto sentir a luz do...

Sono - por Maria Tavares

Sono   Antes que o sono se afunde Na noite em más visões E em sua escuridão inunde as minhas ilusões…   Paciente, ainda em mim vive, O sono enquanto o espero Resumo o bem que não tive Sonhando tenho o que quero   Então porque é que sonhando te tive e ainda te sonho? Com a saudade...

Mascara - por Maria Tavares

MASCARA   Tirei minha mascara Que mascarava meu rosto Tirei a minha mascara Quero sentir o sol posto   Não quero julgar ninguém Nesta doida mascarada Quero apenas amar alguém Que seja tudo ou nada...   Deixei-me de disfarces Acabaram-se desgostos Que feriam minhas faces   E...

Fantasia - por Maria Tavares

Fantasia   Rasgo todos Os véus Da minha vida Como quem Estilhaça O pensamento. Extenso,  Largo Incerto, Demorado. O lamento De súbito,  A vida Passa distraída          

Ocultar - por Maria Tavares

Ocultar   Cansei-me  de esconder este segredo O vento sopra constante Ao entardecer eu carrego Sonhos,desenganos E tenho medo  Da mudança da cor do infinito  ao anoitecer -   Maria Tavares     

Gritei - por Maria Tavares

GRITEI   Quantas vezes; gritei e não me ouviram Quantas vezes; sozinha, me deixaram Nos recantos mais sombrios onde floriram Flores e pão que do meu sangue brotaram   MARIA TAVARES  

Mãe - por Maria Tavares

MÃE Morreu! A minha mãe morreu e deixou-me tantas saudades. Minha mãe desapareceu o seu refúgio é a eternidade. Após tantos anos da sua partida, ainda me parece que a oiço respirar e chamar o meu nome. O amor de mãe é puro…puro e verdadeiro…amor que acalora e dá força à nossa vida.  Mãe!...

Tempo - por Maria Tavares

TEMPO Porque vais a correr tempo  que passa nestas pedras  que são tempo já passado? Pergunto  ao tempo que cala  a desgraça oh tempo  porque passas  tão apressado? MARIA TAVARES    

Beija o meu rosto - por Maria Tavares

BEIJA O MEU ROSTO   Fecho os olhos e vejo as tuas mãos abertas de mansinho, acariciando o desassossego que transforma o meu rosto que morre em vida e renasce na manhã clara... E o sol beija o meu rosto Cansado de tanto sofrer… De repente, anoitece… E a minha dor aquece Na brancura dos lençóis...

Saúdo a vida - por Maria Tavares

SAÚDO A VIDA   Pequeno o cosmos  E eu sou infinito, Saúdo a vida Ao passar pelas estrelas Que adormecem, No sonho do meu grito E ao acordar, Mais parecem sentinelas…   Que agarram  As mãos à minha cruz Mãos que me amparam No caminho desta luz Que aos poucos me...

Amor que se foi - por Maria Tavares

“AMOR QUE SE FOI” Meus poemas meus recados Cheios de um sincero amor Que te serão enviados Com lágrimas, de muita dor. Lembranças de um passado Que ainda reina entre nós Foi um amor tão amado, Um amado amor…vivido a sós Meus poemas são memórias Que levam e trazem meu desejo Guardadores destas...

Brinquei com a Lua - por Maria Tavares

BRINQUEI COM A LUA Ontem á noite enquanto, Por ti …esperava: Com a lua brinquei tanto, Brinquei, brinquei, brincava... Eu escondia-me da lua E ela de mim… Tão divertida e quase nua Envolveu-se de céu e cetim… Alegre e bem-humorada Uma estrela observava e ria… Ria à gargalhada E de quando em vez,...

Calendario - por Maria Tavares

CALENDÁRIO Mais uma folha virada no calendário da vida mais uma folha arrancada da minha vida vivida... Quantas emoções sentidas Neste sentido momento Quantas vidas vividas Com dor e sofrimento... Amanhã como será Sinceramente não sei Só sei que ficará A folha que não virei... Há muita gente...

Desenho em cada amanhecer - por Maria Tavares

Desenho em cada amanhecer os perímetros do teu sorriso a alimentar-me os sonhos ao anoitecer e a devolver-me o paraíso!   Busco a sombra do teu rosto  nas janelas largas do infinito, e nelas vou calar este desgosto  que no meu coração sinto   Maria...

1 | 2 >>

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor