Movida a saudade... por Ligia Beltrão

Movida a saudade... por Ligia Beltrão

     Movida a saudade...

 

                 Hoje, estou movida a saudades. Rebusco no tempo, os sonhos adormecidos e tento revivê-los. São tantos... És louca direis! Não, não sou louca. Sou apenas alguém, que tenta estancar o sangue do coração ferido. Sou a que busca forças nas cinzas ainda quentes, das dores que lhe dilaceram a alma, em busca do seu próprio ser, que, de asas doridas, se nega a tentar um novo voo para o mundo, que se apresenta à sua frente.      

               Hoje meu dia se fez lembranças. perguntas sem respostas. Diálogo com meu eu choroso. Amanhã, irei sorrir, claro. Depositarei minhas dores, embaixo do travesseiro frio e mudo. Tirarei forças dos sonhos, que ainda me atrevo a sonhar, e, acordarei para o mundo, afinal ele não é culpado da minha dor. 

              Minhas lágrimas, engulo-as sozinha e com elas lavo a alma sofrida. Finjo, que minha estrada é um arco-íris. Junto as pedras do caminho, como se fossem pedras preciosas, e guardo-as, no cofre da minha saudade, para admirá-las de quando em vez e rebuscar as forças perdidas no tempo. Amanhã eu me reinventarei. Afinal, foi assim que aprendi a viver... 

             Alçarei meu voo mais alto, e deixarei o livro do passado, fechado, trancado com a chave do amor, então, soprarei as cinzas para o mar do destino, e, se perderão na imensidão das águas. Hei de aprender a voar... Afinal ainda me restam as asas e o tempo me chamando pra viver! 

 

 

Publicado em 25/02/2014

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor