Muitos Carros - por Maria Estela Ximenes

Muitos Carros  - por Maria Estela Ximenes

MUITOS CARROS

 

            Foi instituído  o dia 22 de setembro como  o Dia Mundial Sem Carro, mas segundo os últimos noticiários, normalmente a data  é celebrada com muito carros nas estradas do Brasil e no mundo.

Considerando a precariedade do transporte público, propor  um dia  para esvaziar as estradas  é  utopia, principalmente nas grandes cidades, onde a lotação nos  coletivos não atendem satisfatoriamente as necessidades dos usuários.

 Diariamente, as estradas são  tomadas por muitos carros. Argumentos não   faltam,  a população necessita de transporte rápido e eficiente, concessionárias precisam vender, matéria prima é explorada. 

Mas os carros não são culpados se   indivíduos  grudam em seus  assentos e  tumultuam   as estradas. Não  tem noção da fumaça que emite  no ar, do ruído que fere  ouvidos sensíveis ou pneus que rasgam o asfalto.  São máquinas monitoradas, não possuem cérebro.

Brilhantemente escreveu Orígenes Lessa, em Memórias de um Fusca: “Constrói milhões e milhões de carros, que usa como escravos, tanto para transportar e prestar serviço quanto para destruir e matar. Mas para dez burros guiando automóvel, há cem mil burros caminhando a pé”.

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor