O povo, o caos - por Maria Estela Ximenes

O povo, o caos - por Maria Estela Ximenes

O POVO, O CAOS

 

Olhando ao redor

Você há de convir

Buzina chorando,

O povo clamando.

 

Olhando  a TV, face ou celular

Você há de convir,

Que tudo se resume em guerra,

Enquanto o povo se atropela.

 

No país dos esquecidos

Em constante carnaval,

Abutres dominam o espaço,

E o povo no cansaço.

 

Você há de convir,

Não basta olhar

Apenas  acordar

Fechar as  feridas,

E cheirar  as margaridas.

 

                                                                                     

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor