Os depredadores da terra - por Ajomar Santos

Os depredadores da terra - por Ajomar Santos

Os depredadores da terra

 

Um rio corrente tem as suas águas,

Um deserto tórrido as suas areias,

Os homens não vivem em vão,

Corre sangue em suas veias,

Porém para provar as suas grandezas

Matam elefantes e baleias...

 

Os homens vivem em busca da paz,

Mas as guerras são as metas dos seus planos,

Isto é amor e ódio num só coração,

Cheio de paixões e desenganos,

Que nem imaginam as loucuras que fazem

Bombardeando os oceanos...

 

Palavras ouvidas não são palavras guardadas,

São palavras levadas pelo vento,

É uma ilusão sem medida

Que passa no pensamento,

Daquele que vê o seu destino

Perdido no próprio tempo...

 

Os homens vivem de guerras,

Traçam as suas diretrizes,

Difícil acreditar

Que eles são felizes,

E com suas idéias insensatas,

Atormentam todos os países...

 

Não quero nem pensar...

Meu coração enche-se de receio,

Toda vez que olho o horizonte

Desta minha longínqua janela,

Imagino que a terra poderá partir-se ao meio

Pelas bombas que os homens jogam nela...

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor