A postura feminina acerca da violencia em relações de generos como objeto grador de discussões - por Fabiana Juvencio

A postura feminina acerca da violencia em relações de generos como objeto grador de discussões - por Fabiana Juvencio

A postura feminina acerca da violência em relações de géneros como objeto grador de discussões.

 

A postura feminina acerca da violência tem sido objeto grador de discussões que trata as relações violentas. Em modo geral, a presença de condicionantes econômicos ou afetivos, a maior parte dos trabalhos atribui a prática da violência como resultado do modelo patriarcal de relação entre homens e mulheres que ainda impera nas sociedades modernas. Embora alguns autores defendam que não se pode falar em relações patriarcais na atualidade tomando como pressuposto o conceito formulado no início do século passado (DELPHY, 1999, PATEMAN, 1989 e 1993; MESSERSCHIMIDT, 1997) a concepção de uma relação de dominação e submissão entre homens e mulheres continua sendo matriz de muitas análises a respeito da persistência da violência contra a mulher e a resistência das mulheres em lutarem pela condenação de práticas das quais são vítimas diretas.

Conforme D’Oliveira (2000) observou entre as mulheres que procuram os serviços de saúde, para serem ouvidas, elas desenvolvem estratégias que permitem “falar a linguagem das instituições” e desta forma serem ouvidas. Assim, nos serviços de saúde falam sobre sintomas e doenças e nas delegacias de polícia falam sobre crimes. Entretanto, nem sempre elas se vêem como vítimas de crimes e apenas esperam que alguém possa fazer algo para ajudá-las. Dito de outra forma, admitir que elas falam o “discurso da instituição” não significa reconhecer que elas de fato tenham incorporado esse discurso, no caso das delegacias, aquele que trata de crime, violência, ou o discurso militante sobre direitos humanos e cidadania.

Em suma: os discursos a respeito aos casos de violência de gênero e seu impacto no cotidiano na sociedade moderna perpassa varios ámbitos jurídicos instituciolizados corroborando com altos niveis de consequências na vida afetiva –emocional- econômica para diversos lares familiares em todo o mundo . O objetivo principal  deste estudo foi colaborar de alguma maneira para contribuir na construção de conceitos teóricos na violência  de gênero na defesa e proteção dos direitos das mulheres em prol da construção da cidadania.

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor