Afogo - por Adriana Freitas

Afogo - por Adriana Freitas

AFOGO


Eu não vou me matar.
Mas às vezes gostaria de morrer.
Fugir de mim.
Sumir.
Deixar de sentir
Toda essa agonia que sufoca o peito
E me inunda.
Aí transbordo em lágrimas.
Na tentativa de aliviar toda a pressão
Que não sei de onde vem.
Só sei que paralisa o meu riso.
Aí escrevo.
Invento personagens.
Crio situações.
Viajo pelo mundo.
Saio de mim.

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor