Como anda sua Conta de emoções - por Wilson Sylvah

Como anda sua Conta de emoções - por Wilson Sylvah

Um dia desses fui efetuar um saque na minha conta de emoções. O gerente chamado coração, me questionou para que eu destinaria esse "saque"?

- Impetuoso esse gerente! Pensei - por qual razão teria que dar satisfações, já que a conta era minha e os investimentos eram de minha responsabilidade...

Mas, disse que iria fazer algumas reformas importantes!

No quarto das decepções, faria uma reforma profunda, uma faxina geral, trocaria os armários velhos que estavam lotados de lembranças tristes que estavam mofadas e jogaria tudo no lixo. Ao invés de arquivos, colocaria descargas onde pudesse a qualquer momento que fosse decepcionado, escoar por encanamentos novos e que não durassem muito.

Já para as lembranças felizes, que estavam esparramadas, organizaria melhor e agradeceria todos os dias por vivê-las.

No quarto da esperança, renovaria meus votos de confiança plena em Deus e em minha capacidade de não ficar sentado pelo caminho, mas dar alguns passos de fé para encontrar soluções, ao contrário de ficar parado no caminho e viver choramingando pelas coisas que não alcancei.

No quarto dos Sonhos, que parecia muito estreito e apertado, aumentaria seu tamanho, para colocar muitos sonhos novos e limparia os que estavam engavetados e cheios de poeira. 

Renovaria os velhos sonhos e projetos que por motivos alheios, engavetei na minha falta de fé.

Fui interrompido pelo gerente que agora me olhava com certa apreensão.

- Mas essas reformas irão levar tempo e muitos recursos e seu saldo parece estar se esgotando. 

Talvez você tenha que fazer um empréstimo para poder executar com perfeição seus projetos. 

Eu recomendo uma excelente modalidade!

Qual o senhor recomenda? Perguntei ansioso.

Uma linha chamada de "Amor ágape" onde os juros são baixinhos e os prazos longos, se você puder deixar penhorado um de seus bens mais preciosos! Apontou o gerente.

A sua eterna capacidade de "Perdão".

Nunca se esqueça de efetuar depósitos diários de perdão, pois, lhe proporcionará excelentes rendimentos do mais puro Amor.

Autor (Wilson Sylvah)

Autor de quatro livros; grandemente premiado com os troféus Cora Coralina, Carlos Drummond de Andrade e membro das Academias de Artes e Letras do Goiás (2016) e Academia de Artes e Letras de Lisboa (2017) dentre muitos convites para eventos de participação de Academias Europeia.

https://www.wilsonsylvah.com.br

Facebook e Instagram: 

Wilson Sylvah

 
 
 
 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor