Devaneios - por Marta Maria Niemeyer

Devaneios - por Marta Maria Niemeyer
Uma menina nos devaneios de adolescencia passeava pelos campos, vales e montanhas enquanto sonhava com seu príncipe encantado.
Viajava extasiada com o farfalhar das flores do capinzal e o minuano refrescante, bailando seu ondulado...                                    O mais belo romance, um casal apaixonado, um jantar caprichado, uma noite iluminada por vaga-lumes em festas.           Nos sonhos adolescente seria fantástico imaginar um príncipe encantado de corpo bronzeado, escultural desfilando à beira mar, ao seu encontro. Viria abordá-la?  Muita areia para meu caminhãozinho!                                                                              Na cidade maravilhosa, mais famosa do planeta...
Um mergulho refrescante a pedra filosofal redondinha como lua cheia seria angular. O presente marcante na reflexão...
Um minusculo pedaço de papel com telefone gravado, perdera na imensidão da areia... Impossível encontrar?Acreditar no improvável,no impulso, seguir avante. O milagre aconteceu o papelzinho surgiu nas areias mergulhado, misturando entre milhões de pegadas.
   Realizada seu sonho focado aguardado..." Menina valente, vá em frente, não perca oportunidade. As forças da natureza conspiram a seu favor."
  Ela ouve a voz do infinito no silencio desenhando seu futuro programado por energias sublimes.
Vida realizada... Um grande sonho além do sonhado.   
 
 Marta Maria Niemeyer 
Uma menina nos devaneios de adolescencia passeava pelos campos, vales e montanhas enquanto sonhava com seu príncipe encantado.
Viajava extasiada com o farfalhar das flores do capinzal e o minuano refrescante, bailando seu ondulado...                                    
O mais belo romance, um casal apaixonado, um jantar caprichado, uma noite iluminada por vaga-lumes em festas.           
Nos sonhos adolescente seria fantástico imaginar um príncipe encantado de corpo bronzeado, escultural desfilando à beira mar, ao seu encontro. Viria abordá-la?  Muita areia para meu caminhãozinho!                                                                              
Na cidade maravilhosa, mais famosa do planeta...
Um mergulho refrescante a pedra filosofal redondinha como lua cheia seria angular. O presente marcante na reflexão...
Um minusculo pedaço de papel com telefone gravado, perdera na imensidão da areia... Impossível encontrar?Acreditar no improvável,no impulso, seguir avante. O milagre aconteceu o papelzinho surgiu nas areias mergulhado, misturando entre milhões de pegadas.
Realizada seu sonho focado aguardado..." Menina valente, vá em frente, não perca oportunidade. As forças da natureza conspiram a seu favor."
  Ela ouve a voz do infinito no silencio desenhando seu futuro programado por energias sublimes.
Vida realizada... Um grande sonho além do sonhado.   
 
 Marta Maria Niemeyer 
 
 
 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor