Indagação - por Anchieta Antunes

Indagação - por Anchieta Antunes

INDAGAÇÃO

 

Eu sou um tronco.

Um tronco que está na sombra,

na sombra dos homens...

dos homens que escrevem palavras

palavras que praticam poesias;

de arabescos singulares,

de cantões angulares

que buscam verdades

escondidas nas pátinas do tempo

repleto de interrogações,

onde o hominídeo é o protagonista

da vascular interpretação

no labirinto obscuro.

 

Ângulos noturnos vasculham

na embriaguez do desconhecido

na procura da eterna pergunta.

 

Um tronco com poucos galhos,

galhos que estão sempre

arranhando a pele do universo

em busca de respostas

que não acontecem.

 

Não é para onde vamos...

É ...

de onde viemos?

 

Anchieta Antunes

 
 
 
INDAGAÇÃO
Eu sou um tronco.
Um tronco que está na sombra,
na sombra dos homens...
dos homens que escrevem palavras
palavras que praticam poesias;
de arabescos singulares,
de cantões angulares
que buscam verdades
escondidas nas pátinas do tempo
repleto de interrogações,
onde o hominídeo é o protagonista
da vascular interpretação
no labirinto obscuro.
 
Ângulos noturnos vasculham
na embriaguez do desconhecido
na procura da eterna pergunta.
 
Um tronco com poucos galhos,
galhos que estão sempre
arranhando a pele do universo
em busca de respostas
que não acontecem.
 
Não é para onde vamos...
É ...
de onde viemos?
 
Anchieta Antunes

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor