Inventos - por Adriana Freitas

Inventos - por Adriana Freitas

INVENTOS


Quando as nuvens não têm desenhos.
Eu os invento.
Imagino cenas.
Crio situações.
Desenho nos meus pensamentos.
Imagino histórias.
Viajo com os pés no chão.
Saio de mim 
Mas volto em instantes.
Sem preguiças.
Às vezes trago sorrisos.
Às vezes não.
Depende da história.
Nem sempre sou eu a protagonista.
Nem sempre são sentimentos meus.
Depende do dia.
Depende das minhas vontades.
Têm dias que acordo com vontade de sorrir.
Noutros só quero chorar.
Depende do meu humor.
Depende da cor do céu.
Aí invento o meu mundo particular.
E assim passo mais uma vez o meu tempo.

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor