Oh, Senhor! Porto Seguro! - por Margarida Lorena Zago

Oh, Senhor! Porto Seguro! - por Margarida Lorena Zago

Oh, Senhor! Porto Seguro!

                    (Lorena Zago)

 

Oh, Senhor! Porto Seguro

De todas as avalanches.

Sê  o Mediador

Onde houver discórdia,

Instaura o discernimento e a paz,

No  coração de cada humano

Que se encontra fragilizado.

Envie teus anjos do Bem

E derrame a luz da humildade,

Do acolhimento aos seres

Que se distanciam do objetivo,

Que Tu, Senhor,

Tens por princípio unir,

Para que possam trilhar,

O Teu Plano

De forma serena.

Constitui, Oh Senhor, contextos de pacificações.

Não permitas que as forças negativas

Superem o Bem,

Que se faz tão necessário aos humanos.

Cala os sentidos que machucam

Profundamente a alma.

Permita que em cada porta ou janela,

Possa fluir o diálogo,

O entendimento, a harmonia, a paz,

O amor fraternal!

Prima Deus, para que haja

Restaurações onde houver necessidade,

Solidifique a compreensão entre os pares,

Em Teu Nome emane a Luz,

A necessidade premente da união,

Do fortalecimento, do rever, rever

Do perdoar e acolher,

E com um olhar humanitário entender.

Faça de cada Ser um mediador da Tua Paz, do Teu Amor...

Dilua as guerras pelo Poder

Instaure Senhor, um olhar sensível,

Nas criaturas que idealizaste

Para difundir o Bem.

Exemplos possam amenizar as arestas,

E as sementes do amor sejam,

Em abundância espalhadas

Pelos contextos fragilizados.

Por fim Senhor,

Sare os egos feridos,

E conceda-lhes a empatia, a solidariedade,

A paz, o amor e um coração iluminado!

Amém!

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor