Apenas Silencios... dentro de nós - por Conceição Oliveira

Apenas Silencios... dentro de nós - por Conceição Oliveira

Apenas Silêncios… dentro de nós

 

1.

 

Durante a passagem pela vida

(à velocidade meteórica sobre o raio que nos habita)

Pairamos alguns instantes dentro deste (nosso) pequeno mundo.

 

Nos mutismos exacerbados e nas barreiras crescentes

A cada dia, como fermento,

Rasamos o limiar da Morte.

 

A comunicação não existe.

Abortados os fonemas, 

Não penetram o branco da cal

Não se abrem à luz a cintilante de um olhar ansioso.

 

(quando a sombra ocupa a alma

Também mata risos e poemas)

Ela nos despe as entranhas

Para as devorar.

 

Já não sabemos olhar nos olhos das flores.

 

 

Conceição Oliveira

In, Perdidamente – Antologia (Poetas Lusófonos Contemporâneos II

Pastelaria Studios

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor