Bernadete Bruto - Colunista

Bernadete Bruto - Colunista

 

Bernadete Bruto é Natural de Recife, PE. É formada em Sociologia, analista de gestão do Metrô do Recife e atua também como poeta e declamadora, tendo três livros publicados. Suas poesias versam sobre a vida cotidiana, bem como, contem muitas reflexões existenciais, que são apresentadas numa abordagem psicossocial, sem perder, contudo, a simplicidade da forma de expressão,no desejo de atingir a todas as classes sociais. Em seus recitais, além da poesia, utiliza musicas e performances,compondo uma história,que traz alguma mensagem, no sentido de proporcionar momentos de reflexão e/ou pura diversão, uma vez que o propósito maior da autora é “falar aos corações” e deixar mensagens de alegria, esperança e fé na vida.Os recitais são realizados no local indicado pela pessoa e/ou empresa interessada.


E-mail: bernadete.bruto@gmail.com
Site: www.bernadetebruto.com

 

 

 

 

Janeiro 2014

Bernadete Bruto - Colunista

Despedida do Velho Ciclo - por Bernadete Bruto

DESPEDIDA DO VELHO CICLO   UM DIA ALGO QUE LHE DEFINIA - NO TRABALHO OU NA VIDA...

Espaço Natural - por Bernadete Bruto

ESPAÇO NATURAL                                                                        ESTE ESPAÇO COTIDIANO COMPARECIDO...

Plena Luz - por Bernadete Bruto

PLENA LUZ   POUCAS LUZES ACENDERAM ESTE ANO PELA CIDADE O QUE PODERIA SER UMA INFELICIDADE NESSE OLHAR EXTERIOR SOMBRIO NÃO FAZ...

Versos Largados - por Bernadete Bruto

VERSOS LARGADOS                LARGO VERSOS PELO CAMINHO                                     PALAVRAS APRESSADAS            ...

Fabricando poesia - por Bernadete Bruto

FABRICANDO POESIA     NO FUNDO DO VAZIO   PALAVRAS ENCONTRADAS A DEDO CATADAS PUXADAS  FIO A FIO NA FORMA ORGANIZADAS COMO UMA MELODIA DE TAL MODO ASPERGIDAS TORNANDO ENTERNECIDA A ALMA ASSIM COM CALMA NASCE A POESIA.  

Caminhando pelo mundo - por Bernadete Bruto

Caminhando pelo mundo   Não vos digo que tudo que falo eu sigo... ou até mesmo consigo! Apenas garanto pelos sons das palavras pratico persigo a razão para qual existo e acredito. Por isso mesmo insisto persisto e prossigo.   Poesia Bernadete Bruto. Foto Wagner Okasaki. Livro: Querido...

Tudo evolui - por Bernadete Bruto

Tudo evolui   Como é vantajoso ter vivido muito a evolução compreender e até agradecer presente desta natureza dentro da própria cidade ao passar num repente as portas como a vida até a mente abrem-se automaticamente.   Poesia Bernadete Bruto. Foto Wagner Okasaki. Livro: Querido Diário...

Pela livre expressão - por Bernadete Bruto

  Pela livre expressão   O dom da palavras quem tem? Quem rotulou Na verdade a expressão pura do coração? A coerção ou a liberdade???   (Poesia Bernadete Bruto. Foto Wagner Okasaki. Livro: Querido Diário Peregrino, P..93)  

Paisagismo Urbano - por Bernadete Bruto

Paisagismo Urbano   As áreas verdes da cidade hoje são construídas assim: um quadrado gramado as mesmas flores ornamentais algumas palmeiras rasteiras tudo proporcionalmente igual!   (Poesia Bernadete Bruto, Foto Wagner Okasaki. Livro: Querido Diário Peregrino, P.41)  

Houve uma terra de Índio - por Bernadete Bruto

Houve uma terra de Índio   Ela me contou sua história... A dor de uma raça apanhada capturada à unha arrancada da floresta para viver na cidade...   (Poesia Bernadete Bruto, Foto Wagner Okasaki. Livro: Querido Diário Peregrino, P. 35)  

Marchetaria da Floresta - por Bernadete Bruto

Marchetaria da Floresta   Como numa arte a vida se encaixa perfeitamente onde faz sentido passado presente e futuro   ( Poesia Bernadete Bruto, Foto Wagner Okasaki . Livro: Querido Diário Peregrino,  P. 30)  

Observando Estrelas - por Bernadete Bruto

Observando Estrelas   Não entendo de astronomia somente de sonhos me alimento Encontro a utopia olhando o firmamento naquela estrela lá no alto (apenas uma centelha) brilhando tão forte! Aí, por aqui, penso (ou imagino) Que terei mais sorte!   (Poesia Bernadete Bruto. Foto Wagner Okasaki....

Um mundo além - por Bernadete Bruto

Um mundo além   Vou também embora para Pasárgada! Ou seja qual nome for... Lá tem todo conforto da cidade, agregado a natureza. Lá todos estão bem ninguém é melhor ou pior que alguém Lá nem vai precisar de rei a fraternidade é a lei!     Poesia Bernadete Bruto. Foto Wagner Okasaki....

Hora de brincar - por Bernadete Bruto

Hora de brincar   Brinca Criança, Brinca ! Não deixe de brincar Há muito tempo para outras coisas depois o momento é de brincar Porque se não brincar agora, mais tarde, quando quiser, se precisar para a vida levar, como recordar? A hora é agora!   (Poesia Bernadete Bruto. Foto Wagner...

Perdidos na Rotina - por Bernadete Bruto

Perdidos na Rotina   A vida as obrigações da modernidade nos afasta do convívio diário com a família dos prazeres do agora Está tudo tão marcado cro-no-me-tra-do Nesta sociedade Vivemos com medo de não cumprir tarefas da pesada obrigação do que é imposto Perdemos a beleza do instante...

Rio da Cidade - por Bernadete Bruto

Rio da Cidade   Rio - Água lamacenta - Que corta Enfeia Minha Cidade Olho para este rio Que nunca vi limpo Nunca usei Nem precisei Assim pensei: - Sou da Cidade. Tenho água encanada! Quanto tempo fui enganada! Não sei se sinto mais pena de mim Ou do rio...   (Poesia Bernadete Bruto, Foto...

Mar Poluído - por Bernadete Bruto

Mar Poluído   Sujaram  Mar! Na beira do Mar Agora Lixo Um Supermercado boiando Tantas marcas de consumo Jogadas na Praia Levada pelas ondas O Mar lambuzando … Sujaram o mar ! E também sou culpada Por apenas olhar Nada faço Somente uma Poesia Para falar do Mar em agonia...   ( Poesia...

Poema maluco - por Bernadete Bruto

POEMA MALUCO   A FORAM OCM VME  XEPRSSEA AS PLAAVRSA É MREA ILSUÃO! ED UEQ VLAE A BLEEZA AD  FORAM QENAOD ÃON ÁH  UM CROAOÇÃ?   Bernadete Bruto WWW.BERNADETEBRUTO.COM   (Imagem da internet .Poesia pag.52 – Livro: Um Coração que Canta)   Página de nossa colunista...

Um bom caminho - por Bernadete Bruto

UM BOM CAMINHO   UM BOM CAMINHO É AQUELE QUE FAZEMOS TODA VEZ QUE DEIXAMOS NOSSO CORAÇÃO   UM BOM CAMINHO É AQUELE QUE ACOLHE TODAS AS DIFERENÇAS SEM JULGAMENTOS   UM BOM CAMINHO É APENAS SER O DEIXAR-SE ESTAR E AO OLHAR O OUTRO SIMPLESMENTE SE OLHAR!   Bernadete...

Prisioneira - por Bernadete Bruto

PRISIONEIRA   A MONOTONIA PERMANECE OLHO EM TORNO,  EM BUSCA DE UM CULPADO O ESPELHO DO BANHEIRO MORNO, ME DÁ O SEU RECADO “TEMPO NÃO EXISTE VIVER NÃO É PECADO!” TUDO MUDOU ENFIM E EU PERMANEÇO DE LADO... RECEIO O ENTORNO, O CAMINHO A SER TRAÇADO DESCOBRO ASSIM, QUE O TEMPO NÃO É...

Intensa Ausencia - por Bernadete Bruto

INTENSA AUSÊNCIA    CIDADE PERMANCE CHEIA CADA VEZ MAIS INCHADA! PELAS CALÇADAS PESSOAS AUSENTES COMO AUTOMATAS LOCOMOVEM-SE A CIDADE ESTENDE AO CEU ABAIXO EMPILHA GENTE DESCONHECIDA GENTE NESTE PEQUENO ESPAÇO DE GRANDE CIDADE     Bernadete Bruto https://www.bernadetebruto.com/...

Tipo Comum - por Bernadete Bruto

TIPO-COMUM   Aquele tipo comum Com falhas à mostra - diversas – E atrativos poucos Nem pior, Nem melhor - igual a tantas – Feliz.... Na sua maneira - desajeitada – De ser.   Bernadete Bruto WWW.BERNADETEBRUTO.COM (Desenho da autora.Poesia Pag.22 – LIVRO: Pura Impressão)   Publicado...

Auto-Retrato - por Bernadete Bruto

AUTO-RETRATO   HOJE JÁ NÃO ME IMPONHO ME EXPONHO ! JÁ NÃO ME ENCOLHO CANTO JÁ NÃO ME ESPANTO ACEITO A VIDA AS PESSOAS NA TRANQUILIDADE DA MATURIDADE NÃO QUESTIONO VIVO ! NÃO PERGUNTO PARA ONDE VOU HOJE REVERENCIO A MIM O QUE SOU.   Bernadete Bruto WWW.BERNADETEBRUTO.COM   ( Desenho...

Sem Natureza - por Bernadete Bruto

SEM NATUREZA   Moro como muitos num lugar sem chão Pendurada no ar Engaiolada! Recebo noticias do jornal ou da TV Meu alimento vem empacotado Lacrado! Meus contatos são virtuais... Por isso esse vazio presente por gente Por isso essa incerteza esse chamado urgente Para buscar em algum...

<< 2 | 3 | 4 | 5 | 6 >>

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor