Gente - por Maria Estela Ximenes

Gente - por Maria Estela Ximenes

GENTE

 

Final de ano, portas  se fecham, outras  se abrem

Calendário que gira 

No raiar do dia,

Expectativa  no coração 

Que  flui  livremente 

No sabor da liberdade,

Crescimento e amadurecimento  cobrados pela  vida 

No âmago  da gente

Gotas  de experiências a cada  dia

Tumultuando  os pensamentos  da gente

E essa  sede  pidona... 

Ah, essa sede de viver  os tempos de  outrora

Ansiando próximos   dias felizes...

Assim é o ciclo,

Uma alegria seguida de  nostalgia.

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor