Ione Kadlec - Colunista

Ione Kadlec - Colunista

Foto: Ione e o esposo

Ione Kadlec

Graduada em Letras e Pós-graduada em Psicopedagogia na Educação.

Autora do livro O Enigma dos Guardiões, Editora Biblioteca 24 horas.  O livro, literatura Fantástica, nasceu com o intuito de por, no papel, ideias da filha única. E, assim, neste encontro de gerações nos unimos nas páginas da obra.

 

Ione Kadlec - Colunista

Perfeicão - por Ione Kadlec

Perfeição   Eu que, tantas vezes, como Pessoa[1] Sou apenas uma pessoa Comum, indisposta, impaciente. Presa as árvores como orquídeas parasitas Esperando, cansada, as gotas da chuva. Deitada nos tapetes persas olhando as etiquetas pagas. Eu que, outras vezes, me canso de falar Sem tempo para...

Violetas nas janelas - por Ione Kadlec

Violetas nas janelas   Era sempre assim Chegava feliz, miúda, adornada de flores Flores pequenas, mimosas, alegres, dispostas “Lindas de viver”, falavam repletas de sorrisos, as vizinhas. Nas janelas abertas (ato proposital) sobre o beiral Várias violetas vigiavam o sol Também vigiadas pelo...

Olhares - por Ione Kadlec

OLHARES   Que me venha estes olhares. Felinos ou não. Miúdos, finos. Brotando das treliças de madeiras que, pacificas, sustentam: cachos fartos, ralos, graciosos, ásperos, doces, azedos, agridoces,  pesadas roseiras. Rosas, mil cores,  mas sempre rosas. Sopra o vento. Antônimo, ...

Orfãos - por Ione Kadlec

ÓRFÃOS   Não quero ser aquela que desmonta a mãe pátria. Cama desfeita pela manhã. Lençóis marcados de suor. Dela arrancados. Dobrados, lavados A beira dum riacho plácido Desmonta-se a flâmula O riso quando frouxo Restando a lágrima fixa Nas mascaras de Pierrô. Oh, quanta alegria! Mais de mil...

Paraty - por Ione Kadlec

PARATY   Nesta terra Feita de séculos e séculos Calhou a ti ser Paraty Para mim, para todos nós. Ruas de pedras batidas Ontem apoiavam o trotar De quem não tinha pressa Cocadas, doces, raparigas. Suspirar lento, bordado nos lenços. Desenhos que, hoje, a máquina faz. Mil e seiscentos,...

Fitas - por Ione Kadlec

FITAS   Rasgaram-se em pedaços Formatos de tiras Acenando coloridas Agarradas nas madeiras Palafitas Erguidas com o coração Tronco. Pilar da existência nua. Cujas lágrimas Marcadas nas chitas Tecido de algodão Tramas simples Desceram com as águas Que subiram nas cheias Molhando a madeira,...

Maritacas - por Ione Kadlec

MARITACAS   É tão solitário andar entre “as gentes” Vaivém frenético de andarilhos bem vestidos Passos apressados Um querer não querer Um fazer sem receber Um falar que destoa Mia, engasga. Pensar descosturado Feito retalhos, trapos, fiapos Chega à chuva Tão miúda! Tão chata a cair fina sem...

Faca - por Ione Kadlec

FACA   Faca, amolada, corta. Rasga, fere, enterra. Separa o trigo debulhado lançado ao chão. Afiada, desatinada, brincando cega com alimentos postos em bancadas. Eita faca cravada! Eita sorriso de mil bocas alimentadas. Vontades divididas, desiguais a contar Verdades que não nos interessa...

Colcha de Retalhos - por Ione Kadlec

Foto:Thomas Hart Benton COLCHA DE RETALHOS   Colcha longa, feita de retalhos diversos. Reunião de peças de tecido, várias cores, padrões e formas, costuradas entre si, formando desenhos geométricos. Do meu assento, cadeira gasta, a luz do sol sem cerimônia entrava pela janela aberta. A cortina...

O Som do Silencio - por Ione Kadlec

O Som do Silêncio   A neve mastigava os passos.   Choc, choc! Ruído  constante deste acumulado branco, frio. Tudo coberto de neve.  Sem descanso, caminhei só sob a neve. Levantei a lapela do casaco para me proteger, porém  monstros  se agigantavam contra um corpo...

Calçadão - por Ione Kadlec

CALÇADÃO   Nos calçadões das praias,  as ondas escuras, pedras,  seguem paralelas as ondas do mar. Vou, como dizia Caetano, sem lenço, sem documento, nada no bolso ou nas mãos, pois não preciso. As coisas sagradas, amadas e profanas trago no corpo, na alma e no coração. Tantos...

Vagalume - por Ione Kadlec

VAGALUME   Não me faço noite. Assim, não aborreço as estrelas. A cobrir-me, ao noturno, com o manto da claridade. Cá, embaixo, bolas de espanto. Curvo-me! Admirada, miro o brilho distante Elas, feitas diamantes, esferas de plasmas, grandes, luminosas e oferecidas Ficam a lambuzar o céu, tendo...

Tic-tac - por Ione Kadlec

TIC-TAC   Assim canta o relógio carrilhão. Ele é europeu; alemão de Berlim. Fabricado no século XIX. Hoje, vivo,  está há contar o tempo. Marcado, cadenciado.  Tic Tac sussurra satisfeito. Engrenagens lustradas, conservadas, preciosas, delicadas. Em forma! Esta coisa inanimada ocupa...

Nascer - por Ione Kadlec

NASCER   No sorrir mora uma infinidade de hábitos Recolhidos, nos gestos, de quem ensina sem perceber. Som do riso; tempero Do barulho da chuva a se perder nos tetos Que nos cobre das gotas grossas das águas a descer do céu. Vejam os raios. Ouçam as tempestades É a vida a contornar o rio:...

Verbo - por Ione Kadlec

VERBO   Verbos pupilas dilatadas Bocas molhadas transitam completos. De sonetos, doces encantos de amor.. Memórias, vento. Intransitivo Sem complementos Sem palavras Sozinhos. Em todas as ações se desnudam almas. Completam dias Brilho das manhãs No faiscar do sol que incendeia Conjugando...

Mar agitado - por Ione Kadlec

MAR AGITADO   Que mar agitado! Neste agito de hoje assobia o preamar. Acaricia a areia; faixas inteiras, movendo e removendo-as para lá. Olhem as espumas! Como sussurram Cuspindo espumas na orla do teu manto, pobre canto! Orlas desfeitas pela próxima onda, ressaca. Olhos de ressaca, Capitu,...

As ruínas e o cão - por Ione Kadlec

As ruínas e o cão   - Primeira lição da vida, Rafa. – disse o pai, ressentido com a dor do filho. - Palavras podem ser costuradas, alinhavadas, torcidas e retorcidas, pontilhadas e, finalmente, rasgadas. Rasgue-as! Passe uma borracha nesta folha de papel. Você amará outras vezes e de forma...

Moendo Café - por Ione Kadlec

   Imagem: "lavrador de café" de Portinari       Moendo Café   Sobem grãos. Descem. Grãos abençoados a pulular com o açoite do pilão Nas zonas rurais, frutos caem no chão.   A música toca. O povo dança A água ferve. O sol arde, reluzindo...

Tirar o pó - por Ione Kadlec

TIRAR O PÓ   É tão bom poder tirar o pó daquelas peças que fomos recolhendo por todos os lugares que passamos. Na medida em que se passa a flanela, colocamos todas as coisas no lugar. Voltamos para os lugares onde a compramos. Do sorriso da atendente ou da cara mal humorada. Do idioma...

Diferenças - por Ione Kadlec

DIFERENÇAS   Que me venha este olhar. Felino ou não, mas disposto a enxergar coisas miúdas, finas, diferentes a brotar das treliças de madeiras que, pacificas, sustentam cachos fartos, ralos, graciosos, ásperos, doces, azedos, agridoces daquelas pesadas roseiras: rosas, mil tons, mas sempre...

Manequim - por Ione Kadlec

MANEQUIM   Lá estavam todos. As ruas apinhadas de pessoas que, apressadas, iam e vinham, tomando contas das ruas, calçadas e vitrines. Alguma coisa do tipo: “Da dura poesia concreta de tuas esquinas. Da deselegância discreta de tuas meninas”, expressão cantada por um novo baiano que, como...

Boa Noite - Ione Kadlec

Boa Noite!   Noite: esta que se instala de mansinho sobre o céu caprichoso, após os dias de azul cerúleo e que se repetem nas quatro estações. Quatro estações de Vivaldi, de calor, frio, flores e brotos. Ela, dominada pela lua e cheia de verão, vai somando dias, contando anos, vigiando nossas...

Retrato - por Ione Kadlec

RETRATO   Eu não tinha este rosto de hoje, assim calmo, assim triste, assim magro nem estes olhos tão vazios, nem o lábio amargo.   Eu não tinha estas mãos sem força, tão paradas e frias e mortas; Eu não tinha este coração que nem se mostra.   Eu não dei por esta mudança, tão...

Vento - por Ione Kadlec

“Outras vezes oiço passar o vento, E acho que só para ouvir passar o vento vale a pena ter nascido”. Poemas Inconjuntos. In Poemas de Alberto Caieiro-Fernando Pessoa.   VENTO   Sopra enfurecido o vento. Mexendo e remexendo pétalas macias. Algumas resistem aos açoites da nervosa...

<< 1 | 2 | 3 >>

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor