Persistencia - por Lígia Beltrão

Persistencia - por Lígia Beltrão

Persistência

 

Devagar chega a noite

Amargurada terra inundada

Por uma lua que de açoite

Invade a praia de dor salgada

 

Ouço o soluçar do vento

Da dor do tempo que tortura

Com uma saudade, um tormento,

Da vida, triste noite escura.

 

Faço-me de esperança donde vem

Fazer-me sorrir mesmo saudosa e triste

A tua imagem, amor que ninguém tem,

 

Pois só pra mim é que ele existe

E na minha solidão sorrindo esse alguém

Diz que me ama e assim o sonho persiste!

 

Lígia Beltrão

 

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor