Superficial - Maria Estela Ximenes

Superficial - Maria Estela Ximenes

SUPERFICIAL

 

Já foi o tempo,

Em que as horas eram longas

As noites melodiosas

Os dias repletos de bem-me-quer

Já foi o tempo,

Que os sentimentos eram abundantes

A palavra preciosa

O olhar generoso,

Hoje tudo denota superficialidade,

Palavras, ações e sentimentos 

Tudo  se transforma em areia

À mercê do vento,

E o tempo, 

Sobrevive num compasso turbulento.

 

 

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor