Francisco Mellão Laraya - Tito - Colunista

Francisco Mellão Laraya - Tito - Colunista

Tito Mellão Laraya, nome artístico de Francisco Mellão Laraya, advogado, músico clássico, e escritor, com os seguintes livros editados: “Tito e o pé de sonho”, “Exames”, “A descoberta: o não tempo”, “Um sonho dentro de um sonho”, "O Grão de Areia", “Textos Barrocos”, "Em Busca do Tempo Perdido" e "Uma Revolução no Inferno", em Portugal, além de participar das antologias: Palavras de Cristal I, II e III e a Antologia do Solar dos Poetas, em Portugal também, na Itália, com o nome de Tito Laraya: “L’Essenza dell’anima” e Textos Barrocos no Brasil com o nome de Francisco Mellão Laraya, com livros em bibliotecas de Portugal, como Coimbra, da Galveias, Orlando Ribeiro e da Salvaterra dos Magos, na Itália: Firenze, Turim, Roma e no Vaticano, no Brasil: Braziliana da USP, Florestan Fernandes da USP e Mário de Andrade, além da Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos da América.

Títulos Acadêmicos como escritor: Embaixador da Poesia, pela Academia Virtual de Letras e Acadêmico correspondente pela Academia de Letras de Fortaleza.

Condecorado pela Academia Virtual de Letras, Artes e Cultura – Embaixada da Poesia com o Título de Comendador Grão-Colar da Embaixada da Poesia. Recebeu no ano de 2015, o Título de Barão Francisco Mellão Laraya, conferido pela Littera Brasilis Casa Real.

O Movimento da União Cultural - Clube de dos 21 irmãos-Amigos de Taubaté concedeu o título de Construtor da Brasilidade e o Prêmio do Grande Mérito Literário – 2015.

 

Contatos com o autor

Email: 

larayaescritor@hotmail.com

Página no Facebook

Site do autor

 

 

 

dez 2013

Textos Francisco Mellão Laraya

O Perdão - por Tito Laraya

O PERDÃO            O perdão deves ser praticado sempre! Talvez as pessoas não o mereçam, mas você merece paz!          O sentido do perdão cristão, muitas vezes, precisa ser repensado; a idéia é tão inovadora, e são tantos os desdobramentos,...

O convívio com a violência - por Tito Laraya

O CONVÍVIO COM A VIOLÊNCIA            Ontem fiquei preocupado com o número de pessoas que sofrem golpes hoje no meu país. O que era um assunto esporádico, e se ouvia falar em livros, ou em salas de aula em faculdades de direito, virou um comum, um...

A Imagem do Passado - por Tito Laraya

                   A IMAGEM DO PASSADO            Fica presa em alguma retina do tempo, a imagem do que foste ou até as expectativas do que você era. Pessoas que um dia te conheceram guardaram consigo...

O Pensar - por Tito Laraya

O PENSAR            Quando me ponho a pensar sobre o que escrever, não imagino o que vai acontecer. A profusão de idéias não sei no que vai dar, nem o assunto qual vai ser.  É uma viagem dentro do existir, onde se mistura o que já foi e o porvir,...

A Verdade -por Tito Laraya

                   A VERDADE            O que é prejulgado como óbvio, muitas vezes, é oculto de todos. A pessoa tem certa preguiça, ou respeito aos outros, para falar de coisas que lhe parecem...

O Rock e Raul Seixas - por Tito Laraya

O ROCK E RAUL SEIXAS            O rock é a forma legítima de expressão de toda uma geração que marcou o século XX. Nele todas as correntes políticas e filosóficas, que marcaram a juventude do pós segunda guerra, contra representadas. Vai desde a canção...

A Reflexão - por Tito Laraya

A REFLEXÃO            O ato de refletir é uma forma de se reinventar. Nenhuma pessoa reflete sobre aonde não há problema, é necessária uma crise para pensar. Aonde se chega à conclusão de remodelar o que...

A Dor - por Tito Laraya

                   A DOR            A dor é uma defesa do organismo que permite que o indivíduo mude de atividade de forma com que resolva o problema que a...

A Rotina - por Tito Laraya

A ROTINA            Ouve-se muito a falar mal da rotina, põe-lhe a culpa de muitas coisas, até fim de relacionamentos!          O que é a rotina?          O cadenciado e...

A Ditadura das Horas - por Tito Laraya

    A DITADURA DAS HORAS            Muito já se escreveu e se disse, principalmente em textos anarquistas, sobre o poder terrível do relógio, uma forma mecânica de representar o tempo organizado sobre a vida das...

Meu Fascinio - por Tito Laraya

MEU FASCÍNIO            Nas horas que estou só, estes momentos que me pego a escrever, pode haver mais pessoas comigo no local, mas me isolo na minha solidão existencial, escuto vozes.          Lembro-me do falar...

Filosofo - por Tito Laraya

FILÓSOFO:   Amigo da sabedoria! Nossa, assisti todas minhas aulas. De Português, E só isso que se conclui Com a minha definição, Mas Filósofo é muito mais Talvez, quem sabe, seja:   Faminto Iconoclasta Lógico Observador Sofredor Orgulhoso Ferino e Homem!   E...

O Advogado de Cristo - por Tito Laraya

  O ADVOGADO DE CRISTO            Um advogado, examinando os textos evangélicos sobre o julgamento de Jesus Cristo, resolveu nas horas vagas, no tempo ocioso, um estudo sobre o julgamento do salvador.         ...

A Valsa - por Tito Laraya

  A VALSA            Estava preocupado naquela semana. Havia sido convidado para dançar uma valsa em um baile e estava inseguro. Não que não soubesse dançar valsa, pois isto já tinha aprendido; tão pouco se preocupava com a companhia, pois sabia que...

Minhas mãos e as flores - por Tito Laraya

                   MINHAS MÃOS E AS FLORES               Acordei de madrugada, havia sonhado que minhas mãos estavam repletas de flores! Comecei a pensar, e pus-me a...

As Crianças - por Tito Laraya

AS CRIANÇAS   As “crianças” que nada Levam a sério: Minha admiração! Pois brincam Com seu sofrimento Fazendo-o, Nos olhos do outro, Inexistente.   Às vezes fico a pensar Se essa preocupação Em fazer Que não haja preocupação, Não é o maior ato Do ser humano?   Pois aquele que pensa Em...

Mãe - por Tito Laraya

MÃE            Uma mulher me esperou por nove meses, por que acreditou que eu era um presente divino! Ela nem sonhava com os transtornos, aborrecimentos, e também as alegrias que lhe proporcionei.          Deu-me...

A Morte - por Tito Laraya

                   A MORTE            Acho, primeiramente, que chamamos de forma errada o acontecimento. O nome significa fim, ausência, sem dúvida é esta a sensação para quem fica, mas o fato não é só...

Comunicação - por Tito Laraya

         COMUNICAÇÃO            Às vezes, me pego a pensar sobre a dificuldade de se comunicar. Sou escritor, e o escrever não é um fim, mas um meio, uma forma de falar. O importante é dizer as idéias e o objeto pretendido, já a...

Carta de conselhos a um candidato - por Tito Laraya

CARTA DE CONSELHOS A UM CANDIDATO            Caro candidato à presidente,            Quando tomares posse, não se esqueça de tirar as suas fotos com a faixa, pois este vai ser o ato mais público, apesar de...

Carnaval - por Tito Laraya

                   CARNAVAL                      Carnaval: festa de alegria, euforia, cheia de colombinas e palhaços. Palhaços dentro e fora do salão....

Dúvidas - por Tito Laraya

Imagem: Sri Vijan  DÚVIDAS      Tenho dúvidas,  Pois jamais procurei a ser seguro,  Visto que a insegurança  É inerente ao ser humano.  E eu?  Ser humano, inseguro é.  Por isso tenho dúvidas  Visto que tudo é escolha,  Mas, no entanto o...

O Ser Mulher - por Tito Laraya

O SER MULHER               O ser mulher é transitar entre opostos sem se arrepender. Ela precisa de seu corpo para atrair ao outro e filhos terem, que na gestação destes, põe todo o seu corpo a perder, e ela pacientemente, com uma alegria...

Meu Ser - por Tito Laraya

         MEU SER   Sonhar um sonho impossível, Lutar contra o mal invisível, Falar o que não é cabível, Temer o que não é terrível, Ver o que não é visível, Sentir um amor indestrutível, Orgulhar-se do desprezível, Cantar uma música inaudível, Fazer o que não é...

Itens: 25 - 48 de 78
<< 1 | 2 | 3 | 4 >>

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor