Conceição Oliveira - Colunista

Conceição Oliveira - Colunista

 

Conceição Maia Rocha de Oliveira nasceu em Aveiro, onde vive.

Frequentou, durante dois anos, Línguas e Literaturas Modernas (Português e Francês) na Universidade de Coimbra mas obteve o grau de Licenciatura em Português e Francês (ensino) pela Universidade de Aveiro. Formou-se pela Escola do Magistério Primário e pela Alliance Française Aveiro/Coimbra.

Exerceu docência cerca de 38 anos.

Aposentada, para além da família e de vários hobbies, dedica-se à escrita e à pintura (que pratica regularmente).

 

Publicou artigos de opinião, crónicas e poesia em diversos jornais escolares e informativos locais.

 

Obras publicadas a nível individual: Labirinto de Palavras – Poesia, 2012, Temas Originais, Editora;  

Tempo Sem Horas – Contos, Edições Vieira da Silva, 2013;

- Da Raiz (transparências) - Poesia/Prosa poética, Palimage, Edições Terra Ocre, 2014;

- Ramiro e o Moliceiro – Entre a Ria e o Palheiro – Infanto-juvenil, Palimage, Edições Terra Ocre, 2016;

Contos Pródigos (e outros) Vadios – Antologia – Edições Colibri, 2017;

 

É coautora em Coletâneas, Antologias, Agendas e Revistas Culturais (Portugal, Brasil, Suíça, Moçambique e Roménia).

 

Do seu currículo fazem parte alguns prémios literários, menções honrosas e outros de destaque, quer na área da escrita quer na da pintura.

É membro de diversas associações e agremiações culturais (Portugal, Brasil e Moçambique na Diáspora).

 

Participa, regularmente, em Tertúlias, Saraus Poéticos, Sessões de Poesia e de Escrita Criativa desenvolvidos pelos grupos culturais onde se insere.

Frequenta os Cursos Livres de Pintura na Cooperativa Árvore do Porto desde 2014 onde

encontrou os melhores Mestres.

 

Expõe pintura individualmente e participa no coletivo um pouco pelo país mas também em Espanha. Obteve alguns prémios e distinções na área da pintura a nível nacional e internacional.

Participou na Exposição da AAAGP-Portugal no Carroussel du Louvre (2017), Paris, onde foi distinguida com a Medalha de Bronze pela sua obra “Le Rêve du Petit Prince”.

 

Links para página no Facebook
 
 
Arte de apresentação da escritora
 
 
 

 

 

Conceição Oliveira - Colunista

Tempo sem horas - O Vício - por Conceição Oliveira

TEMPO SEM HORAS (Contos) – Editora Vieira da Silva, Lisboa, 2013   (VI)  O Vício    Era tarde quando regressou a casa. – Mãe… Finalmente, o pai chegou… Tão sujo e mal cheiroso! Deve ter caído em cima de bosta… de gente! – Caíste, pai? Estás ferido? – Sim, caí. Ferido? Só na...

Lágrimas e apatia - por Conceição Oliveira

LÁGRIMAS E APATIA   Subi ao cume da mais alta montanha a carpir a minha dor a chorar o Meu Perder.   Esperei o pôr-do-sol a noite errante e as lágrimas não secaram.   Os sons nocturnos, de montanha a montanha ecoaram e tomaram conta do alvorecer...   Em baixo, o ribeiro...

Um anjo desceu... - por Conceição Oliveira

UM ANJO DESCEU...   Um anjo desceu à terra.   Do ventre materno tomou aquele outro que era nosso e em seus braços o enlaçou…   Silenciosamente, ao olimpo subindo, sorrindo…   Devagarinho o arrecadou.   A promessa de uma vida que nos deixou.   Dele, apenas a...

Náufrago - por Conceição Oliveira

Náufrago   A minha casa é a ilha onde aporto em tempestades:   Tem paredes, árvores, destroços, um náufrago; rosas brancas, trepadeiras, um pardal; o azul do céu.   As árvores ensombram os silêncios que o pardal quebra na liquidez dos vazios.   Dos cânticos das sereias crivo...

Raízes - por Conceição Oliveira

Raízes   Caminhando sobre a areia, num desses dias apagados em manto de nevoeiro elevo o pensamento à dimensão do voo que me circunda batendo asas, levemente, a gaivota soletra pios no corte da cinza.   Ouço-a e olho-a tomo-lhe o rumo e mergulho a fundo tropeço nas conchas adormeço sobre...

Da raiz - por Conceição Oliveira

Da Raiz (transparências) - Poesia – Palimage, Edições Terra Ocre   Nota Prévia   “Du coup, ma pure option ne m’élevait au-dessus de personne: sans équipement, sans outillage je me suis mis tout entier à l’oeuvre pour me sauver tout entier” Jean-Paul Sartre (in Les mots) Siderada pela...

<< 1 | 2 | 3

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor