Roberto Mello - Colunista

Roberto Mello - Colunista

 

Nome: Roberto Mello                    Cidade: Rio de Janeiro                        País: Brasil

Livros publicados:

Sonhos, Desejos & Profecias – Pastelaria Studios, Múltiplas Histórias Unipessoal Lda – Portugal.

O Mensageiro – Editora Habemus Livros.

Temas: poesias, contos de suspense, sobrenatural, ficção e policial.

Blog: WWW.robertomello-dodo.blogspot.com.br

Site: WWW.rmello2431.wix.com/robertomello

Facebook: https://www.facebook.com/robertomello.dodo

Page: https://www.facebook.com/Robertmello.dodo/

 

Biografia:

Roberto Mello, natural do Rio de Janeiro, é graduado em engenharia civil, escritor, compositor e poeta. Possui participações em Antologias e Coletâneas a nível internacional. Publicou “O Mensageiro” e “Sonhos, Desejos & Profecias” – Portugal. Suas mais recentes premiações: Troféu Carlos Drummond de Andrade – Destaques do ano 2015 - Itabira/MG; Troféu Pedro Aleixo – Itabira/MG; Troféu Honra ao Mérito Literário Cora Coralina pela contribuição com a Literatura Nacional pela Academia de Letras de Goiás; Medalha “Personalidade 2015” pela Academia de Artes de Cabo Frio. Participa de algumas instituições literárias e culturais, tais como Academia de Letras, Música e Artes de Salvador/Bahia; Membro Fundador da Academia Mineira de Belas Artes/MG; Academia Luminescência Brasileira – cadeira imortal 157; Academia de Artes de Cabo Frio; Academia de Letras de Goiás e Membro Associado Ouro do Clube dos Compositores do Brasil.

 

 

 

 

Roberto Mello - Colunista

População de rua - por Roberto Mello

População de rua   Aquela população ali presente Deitada ao relento apenas aguardando Fitando o nada por algo inconsciente E pela sombra da noite esperando.   Tua espera, eu vejo possível milagre... O milagre de conquistar um teto Nem sempre almejar um teto é milagre Um possível milagre é...

Minha ânsia - por Roberto Mello

Minha ânsia   Expresso em gestos teu querer Manifesto desejar-te Com lampejos de carícias Aspiro ao meu baluarte.   Vivo um sonho com você Acompanhar-te ao amanhecer Aguardar ao alvorecer A um novo dia renascer.   No aguardo deste acontecer Horas voam com o vento Minha ânsia sem...

Meus pensamentos - por Roberto Mello

Meus pensamentos.   Admirando a luz do luar Contestando em pensamentos meu presente E minha mente tão intransigente Desejosa de ficar..., ficando a vagar.   Relato de fatos momentâneos Visitando meu viver e meu andar A observar sentimentos instantâneos Sem a minha calma...

O Poeta e a Estrela - por Roberto Mello

O Poeta e a Estrela.   Sem despertar sentimentos ou interrogações, Uma estrela brilhante conquista meu Eu, Vivendo com emoções ou alucinações, Provocadas pelo encanto somente teu.   Alucinações contidas e envaidecidas, Invadem a mente de qualquer poeta, Transformadas sem pesares e...

O ecoar de um lamento - por Roberto Mello

O ecoar de um lamento. Sinopse Ato I Encontrei em teus olhos meu horizonte Resplandeceu meu coração árido como fonte Iluminando a penumbra agonizante Acordando minha alma de um sonho intrigante Implorando a vida tornar-se extasiante Desejando tua companhia contagiante A cada noite mal dormida...

O abstrato - por Roberto Mello

O abstrato   Entendendo o abstrato da ilusão Meu pensamento divaga sem canção Sem o entender dessa conclusão Sigo meu instinto vivendo com razão.   Ao tempo da falta de canção, Entendo minha razão.   Ao tempo da falta de canção, Acabo entendendo a tal de ilusão Tenho surpresas pela...

Revelação: infelizmente não posso fazer nada - por Roberto Mello

Revelação: infelizmente não posso fazer nada!   Um coração verdadeiro ama a liberdade sem confundir com libertinagem. Não se compraz à idiotice de insólitos que buscam extravagâncias materiais pelo seu incidente ou acidente mundano espiritual.  À bem da verdade; é fundamental ao seu ego,...

O que significa Partido? - por Roberto Mello

O que significa “Partido”?   Incoerências de opiniões sacrificam decisões pragmáticas, tornando-as insolúveis de solucionar, apesar ou pelo peso, das tempestividades em suas idealizações. É uma pena remediar o que não pode ser remediado. Insistentemente, um pequeno grupo à base de alucinógeno,...

Nem percebeu... - por Roberto Mello

NEM PERCEBEU...!   Andando pela areia de uma praia Pude perceber sorrisos, Alegrias e contentamentos.   Olhos brilham com o vento, Transmitindo sonhos e esperanças.   Percebi nesses sonhos e esperanças... Ansiedades, expectativas e tristezas, Pela demora em acontecer.   Sem...

Essa Naná...! - por Roberto Mello

Essa NANÁ...!   O que dizer da menina NANÁ? Como expressar a mulher NANÁ?   Difícil um poeta descrever sua sensibilidade, Impossível delinear sua sensualidade, Importantíssimo citar sua amabilidade, Uma pessoa especial..., mesmo em tenra idade.   Com sua voz encantadora... Uma mulher...

Ah! Essa voz de preguiça - por Roberto Mello

Ah! Essa voz de preguiça.   Sua voz preguiçosa, Atinge minha alma, Bem deliciosa, Não me acalma.   Ao teu perfume, Invade meus desejos, Sentindo ardume, Com seus gracejos.   Ao tomar em meus braços, Sinto arrepio voraz, Em nossos abraços, Saio totalmente de minha paz.   Ainda...

Um Instante - por Roberto Mello

UM INSTANTE.   Ao toque em sua pele, Sinto seu arrepio voraz... Deslizando como neve, Engolindo-me na paz. Ao toque de seus lábios, Mordisco levemente... Sentindo seu doce mel... A escorrer suavemente. Sinto o cheiro do cio... Invadindo minha alma.. Que se arrepia sofregamente, Sem pensar você...

Terra de Ninguém - por Roberto Mello

TERRA DE NINGUÉM.   Andei no mundo de ninguém... Por todos os lados, por onde eu fui, Conheci muita gente. Gosto de tudo..., aprendi... Mas..., nem tudo eu vi. Quero agora, Recobrar dos sonhos lindos que passei... Na Terra de Ninguém. Tive alegria..., tristeza?! Não vi! Na terra que...

Nem percebeu... - por Roberto Mello

NEM PERCEBEU...!   Andando pela areia de uma praia... Pude perceber sorrisos... Alegrias e contentamentos. Olhos brilham com o vento, Transmitindo sonhos e esperanças. Percebi nesses sonhos e esperanças... Ansiedades, expectativas e tristezas, Pela demora em acontecer. Sem perceber... A pessoa...

Mãe... palavra doce e singela - por Roberto Mello

Mãe..., palavra doce e singela!   Mãe..., palavra doce e singela... Que retratam em três letras..., diversos sentimentos... Que suportam até mesmo..., alguns constrangimentos... Que anulam a própria vida..., pela família..., sem nenhum fingimento.   Mãe..., palavra cheia de melodia... Que...

Alianças verdadeiras - por Roberto Mello

Alianças verdadeiras.   Alianças que resistem ao ferro... Alianças que resistem ao fogo... Alianças que resistem às ilusões... Em um mundo que insiste em mil canções. Duas pessoas fazem alianças... Exalando um sentimento de criança... Expressam-se com verdades na alma, Tal qual..., pétala de...

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

       

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor