Mauricio Duarte - Colunista

Mauricio Duarte - Colunista

Mauricio Duarte é natural de Niterói, RJ.  Escritor, poeta, artista plástico e ilustrador, Mauricio é formado em Desenho Industrial – Programação Visual na Escola de Belas Artes da UFRJ.  Concluiu o curso de Produção Textual com a poeta Maria Regina Moura na editora Canteiros.   Publicou sob demanda, em 2008, o livro Anti-arte . experimentos em artes visuais e poesia conspiracional.  Fez parte do Catálogo Biennali Del Libro d´artista da LineaDarte em Nápoles, na Itália em 2009.  Já participou de duas exposições virtuais coletivas na Galeria Monalisa: Talentos 2010 e Formas e Cores em 2011.  Teve sua obra publicada no Catálogo Anuário Brasileiro de Artes Plásticas Consulte da Editora Roma, em São Paulo, 2011.  Teve sua biografia incluída no livro Perfis Biográficos de artistas gonçalenses pela São Gonçalo Letras e Prefeitura de São Gonçalo em 2011.  Participou da exposição Livre para Criar, em 2011, da Nossa Galeria de Arte e da exposição virtual coletiva Legado da Arte no ano de 2013.  Atualmente faz parte do catálogo online da Nossa Galeria de Arte.  Foi selecionado para a Coletânea 100 Poemas 100 Poetas . Volume 3, no Prêmio Literacidade Poesia 2015 - Categoria 4 – poemas breves e para a Coleção Sementes Líricas, todas da editora Literacidade. Foi selecionado para publicação na coleção Sementes Líricas com o livro de bolso Vozes que calam . poesia em Concurso também da Editora Literacidade. Teve poemas premiados relativos ao 2o. lugar no 12o. Prêmio Nacional de Poesia - Cidade Ipatinga no âmbito do 14o. Circuito de Literatura do Clube de Escritores de Ipatinga . 2015.  Foi premiado pela ABD com medalhas de prata e de destaque concernentes à sua participação em salões de arte e literatura como poeta. Foi premiado também com a menção honrosa em poesia nos concursos: XXXV Concurso Hermando Continentes,  XLI Concurso El Poder de la Palabra e XLV Concurso Palabras sin Fronteras 2015 do Instituto Latino-americano na Argentina.  Membro Correspondente da Academia de Letras de Teófilo Otoni. Membro da AVL (Academia Virtual de Letras). Membro da SAL (Sociedade de Artes e Letras de São Gonçalo). Membro da AGLAC (Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências).

 

Contatos do autor:

Blog Arte-enlevo: https://arte-enlevo.blogspot.com.br/

Página Arte-enlevo: https://www.facebook.com/arteenlevo/

Página no Catálogo Online da Nossa Galeria de Arte:https://www.ngarteprodutoracultural.com.br/galeria/artistas/mauricio_duarte.html

Página no Catálogo Arte Atual: https://www.arteatualgaleria.com/?p=119

Página no Pendurô: https://atelierdearte.com.br/artista/61

Página de arte no facebook: https://www.facebook.com/pages/Artista-Visual-Mauricio-Duarte-Divyam-Anuragi/273787086012189?fref=ts

Página de literatura no facebook: https://www.facebook.com/pages/Escritor-Mauricio-Duarte-Divyam-Anuragi/181893438578227?fref=ts

Página no Recanto das Letras:https://www.recantodasletras.com.br/autores/mauricioduarte



 

 

dez. 2013

Mauricio Duarte - Colunista

Tropicália - por Mauricio Duarte

Tropicália   A designação de Tropicália para o movimento que mudou os rumos da cultura brasileira em meados e fim dos anos 1960 foi dada por Hélio Oiticica. O artista que, segundo suas próprias palavras, “não podia imaginar toda a sua extensão”, queria sim, apesar disso, dizer implicitamente,...

As Absurdidades do Maurício - Entrevista

   As Absurdidades do Maurício   Por Fabio da Silva Barbosa   Maurício Duarte é mais uma daquelas criaturas que tive a felicidade de conhecer nem lembro como. Já faz tempo trocamos materiais e ideias. Não concordamos em tudo (e nem precisa), mas nosso ponto em comum é a...

A personalidade - por Mauricio Duarte

A personalidade   A tomada de consciência da personalidade transformou e pôs o homem em diferenciação primordial dos animais.  A frase “eu sou” parece simples e até boba para nós, contemporâneos das conquistas científicas e tecnológicas do século XXI.  Mas essa pequena frase...

Identidades contemporâneas - Mauricio Duarte

Identidades contemporâneas   A nossa contemporaneidade é feita das redes sociais na internet, da instantaneidade na expressão de opiniões, dos protestos combinados pela rede, das músicas baixadas gratuitamente, dos celulares, dos smart phones, dos selfies, dos Big Brothers na TV, da sinergia...

Eu, introvertido? - por Mauricio Duarte

Eu, introvertido?   Para viver em sociedade é preciso ser extrovertido?  Não há lugar para os tímidos, os recatados, os recolhidos? Pois bem, não há lugar para mim então... Mas como é ser tímido? É como se viver olhando pela janela fosse melhor do que passar por uma porta; é ser...

As potencialidades em estar fora da zona de conforto - por Maurício Duarte

As potencialidades em estar fora da zona de conforto   Utiliza-se a expressão comumente para designar uma sensação de estar fora dos padrões normais de viver e de estar no mundo. Pode ser inclusive auto-induzido ou induzido por agente externo, mas com anuência da pessoa a fim de despertar...

Não é só o amor que está fora de moda; o indivíduo, como um todo, também - por Maurício Duarte

Não é só o amor que está fora de moda; o indivíduo, como um todo, também   O amor está fora de moda?  Pois muito bem. Eu estou fora de moda também. A cordialidade está fora de moda? A generosidade está fora de moda? A fraternidade está fora de moda? Pois muito bem; eu também estou fora de...

Creia - por Mauricio Duarte

Creia   Acredita na tua força, na tua determinação, no teu esforço. Vês este rascunho? Um dia ele será desenho de escorço.   Deseje completamente e crie plenamente. Creia-me, homem, és capaz. Deseje completamente, a concretização virá, verás   Aperte o passo quando necessário, ande...

Por que não se pode forçar a evolução espiritual - por Mauricio Duarte

Por que não se pode forçar a evolução espiritual   Ninguém vale mais do que ninguém. Nem mesmo quem está num patamar acima na consciência espiritual, divina, planetária ou como queiramos chamar, vale mais do que quem está abaixo. Não. Toda vida é valiosa, por mais débil ou fraca que seja....

O meu sonho, o seu sonho, os nossos sonhos - por Maurício Duarte

O meu sonho, o seu sonho, os nossos sonhos   O mundo é do tamanho do seu sonho. Sonhe alto, mas cuidado para não cair de cara no chão. Seja como uma árvore, alçando grandes alturas, porém com os pés firmemente plantadas no chão. Alguém já disse isso com outras palavras, mas não sei quem...

A natureza das coisas - por Maurício Duarte

A natureza das coisas   O homem é um animal político, um animal social como dizia Aristóteles? Nem sei mais se era o filósofo mesmo que disse isso.  Em tempos de internet tudo é possível.  Talvez descubram que foi Marx, ou pior, o Grouxo Marx. Brincadeiras à parte, por conta de má...

Tide Hellmeister - por Mauricio Duarte

Tide Hellmeister   Aristides de Almeida Hellmeister ou Tide Hellmeister, como ficou conhecido, foi artista gráfico, artista plástico e ilustrador. Sua trajetória profissional começou numa emissora de televisão, a TV Excelsior como assistente do pintor e cenógrafo Cyro Del Nero.  Depois...

Gilvan Samico - por Mauricio Duarte

Gilvan Samico   Samico foi desenhista, gravador, pintor e professor, atuando com desenvoltura e excelência em todas as atividades que exercia.  Embora também tivesse incursão na pintura, ficou mais conhecido por suas gravuras, sua meticulosas xilogravuras inspiradas na temática e estilos...

Rubem Valentim - por Mauricio Duarte

  Rubem Valentim   Dono de um arsenal signíco-emblemático numa arte abstrata de caráter estrutural, Rubem Valentim possui trajetória única no cenário artístico brasileiro e mundial.  O artista que nos deixara em 1991, possuía uma linguagem plástico-visual-signótica ligada aos valores...

A Paz é comestível? - por Mauricio Duarte

A paz é comestível?   A paz é comestível? Muito fala-se da necessidade da paz. Em todos os níveis e em todas as instâncias, desde o aspecto religioso e espiritual até os interesses corporativos de conglomerados empresariais.  Desde receitas para o bem estar pessoal e íntimo até as...

Porque o mundo gira tão rápido - por Mauricio Duarte

Porque o mundo gira tão rápido...                   Por que o mundo gira tão rápido?  Porque não podemos nos dar o luxo de uma pausa?  Um momento que seja para contemplar, para estar em sintonia maior com o...

Fayga Ostrower e os universos da arte - por Maurício Duarte

Fayga Ostrower e os universos da arte   Nascida na Polônia em 1920, chegou ao Rio de Janeiro na década de 1930.  Foi gravadora, pintora, artista plástica, desenhista, ilustradora, teórica de arte e professora.  Seu trabalho como pesquisadora de arte e escritora é magnífico.  Só...

José Patrício e o número - por Maurício Duarte

José Patrício e o número   Sua atividade artística já figurou como tema de livro: “José Patrício: Cogitações sobre o Número” do curador de arte Paulo Herkenhoff. Já esteve em mais de 28 exposições individuais nos grandes centros culturais do país e já participou de mais de 103 mostras...

Hércules Barsotti e o neoconcretismo - por Mauricio Duarte

Hércules Barsotti e o neoconcretismo   O neoconcretismo critica o pensamento mecanicista em arte e preocupa-se com os procedimentos abertos da ciência contemporânea, como as especulações em torno das geometrias não-euclidianas - como a cinta de Moebius – conhecimento que atraía Lygia Clark e...

Rico Lins e o design de fronteira - por Mauricio Duarte

Rico Lins e o design de fronteira   Todas as tendências visuais multiculturais do nosso tempo, todas as questões estéticas da pop arte e todo o rescaldo pós-moderno vindo do surrealismo e do dada mesclam-se e amalgamam-se no design de Rico Lins.  Seria melhor dizer nas imagens desse...

As artes em 1963 no Greenwich Village - por Maurício Duarte

As artes em 1963 no Greenwich Village   Freqüentemente pergunta-se o que é arte, desde que o impressionismo surgiu e detonou uma centena de transformações, remodelações e reformulações artísticas tais como as da arte moderna e pós-moderna.  Nessas constantes reconstruções que arte sofreu...

Siron Franco e seus segredos - por Maurício Duarte

Siron Franco e seus segredos   Siron Franco nasceu na cidade de Goiás Velho, em Goiás e começou no mundo da arte fazendo retratos. Nos anos 1960, se mudou para São Paulo e participou da sua primeira exposição.  Hoje, é reconhecido internacionalmente e tem mais de três mil obras. Do...

Amilcar de Castro - por Mauricio Duarte

Amilcar de Castro   Figura emblemática do neoconcretismo brasileiro na década de 1960, Amilcar de Castro foi, inclusive, fundador desse movimento e teve uma contribuição única e singular no cenário artístico da época e muito depois.  Foi gravador, pintor, escultor, designer gráfico e...

Narrativas populares em farwest - por Maurício Duarte

Os feitos de personagens do cotidiano da comunidade (sejam heróis, bandoleiros, personalidades singulares ou apenas pessoas cômicas) sempre fizeram parte das narrativas populares. A narração das histórias populares (contação de histórias) faz parte da oralidade e da...

Valentina de Guido Crepax - por Maurício Duarte

Sensualidade à flor da pele, sexualidade à toda prova e não somente isso, mas fantasias eróticas, sadomasoquistas, liberais ou libertinas, tenras ou brutais.  Para Crepax, o genial criador de Valentina, identificação e projeção, olhar e reflexo, a personagem é escandalosa, recatada, submissa,...

O desvio espaço-tempo dos romances distópicos - por Maurício Duarte

  O desvio espaço-tempo dos romances distópicos             O que de libertário existe na ficção científica?  A ficção científica se presta a uma abordagem underground ou fora dos padrões do status quo?  Á parte os futurologismos da...

Quadrinhos, arte sequencial e as narrativas gráficas de Will Eisner - por Maurício Duarte

                Will Eisner, o grande mestre dos quadrinhos, criador do Spirit, também atuou como autor de livros com metodologia própria para escrever e desenhar quadrinhos.  As obras “Quadrinhos & Arte sequencial” e “Narrativas Gráficas” foram...

As cartas de Tarot e o terreno do imagético - por Mauricio Duarte

As cartas de Tarot tradicionais, como o Tarot de Marselha e o Tarot Iniciático possuem ricas ilustrações em suas lâminas. A correspondência entre os significantes (imagens) e os significados (conteúdo textual) das lâminas, a interpretação e a apreciação dessas lâminas pode ser clara como água para...

Rui de Oliveira pelos jardins Boboli - por Mauricio Duarte

por Mauricio Duarte O que acontece quando um mestre da arte de ilustrar livros para jovens e crianças decide escrever sobre o ofício de ilustrar?  Estamos falando de Rui de Oliveira e seu livro Pelos Jardins Boboli, Reflexões sobre a arte de ilustrar livros para crianças e...

Os super-heróis nos quadrinhos e o imaginário contemporaneo - por Mauricio Duarte

Por Maurício Duarte   O que são verdadeiramente os personagens de super-heróis das histórias-em-quadrinhos? Arquétipos disfarçados de produtos mass media? Quadros de uma ficção científica em torno de heróis com super-poderes? Deuses da antiguidade com nova roupagem? Talvez tudo isso, talvez...

Frank Miller e o pecado da cidade - por Maurício Duarte

Por Maurício Duarte Um autor norte-americano revolucionário, na mais ampla acepção da palavra.  Dentre muitos sucessos de histórias-em-quadrinhos publicados, (Demolidor, Batman, o Cavaleiro das Trevas, Batman Ano Um, Ronin, Elektra Assassina, 300 de Esparta) talvez Sin City tenha sido o que...

O surrealismo e o devorador de sonhos - por Mauricio Duarte

Fonte de Imagem: Peça que faz parte de 25 litografias de Salvador Dalí de 1973 para ilustrar a saga do quinto centenário da obra "Gargantua e Pantagruel" do literato francês do século XVI, François Rabelais. Por Mauricio...

Moebius - por Mauricio Duarte

  Desde 10 de março de 2012 o mundo das histórias-em-quadrinhos ficou mais triste.   Faleceu Moebius, mestre da narrativa gráfica.   Seria desnecessário enumerar as grandes contribuições desse artista para os quadrinhos, mas destaco Arzach.  Uma coletânea de histórias...

<< 1 | 2 | 3 | 4

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor