Mauricio Duarte - Colunista

Mauricio Duarte - Colunista

Mauricio Duarte é natural de Niterói, RJ.  Escritor, poeta, artista plástico e ilustrador, Mauricio é formado em Desenho Industrial – Programação Visual na Escola de Belas Artes da UFRJ.  Concluiu o curso de Produção Textual com a poeta Maria Regina Moura na editora Canteiros.   Publicou sob demanda, em 2008, o livro Anti-arte . experimentos em artes visuais e poesia conspiracional.  Fez parte do Catálogo Biennali Del Libro d´artista da LineaDarte em Nápoles, na Itália em 2009.  Já participou de duas exposições virtuais coletivas na Galeria Monalisa: Talentos 2010 e Formas e Cores em 2011.  Teve sua obra publicada no Catálogo Anuário Brasileiro de Artes Plásticas Consulte da Editora Roma, em São Paulo, 2011.  Teve sua biografia incluída no livro Perfis Biográficos de artistas gonçalenses pela São Gonçalo Letras e Prefeitura de São Gonçalo em 2011.  Participou da exposição Livre para Criar, em 2011, da Nossa Galeria de Arte e da exposição virtual coletiva Legado da Arte no ano de 2013.  Atualmente faz parte do catálogo online da Nossa Galeria de Arte.  Foi selecionado para a Coletânea 100 Poemas 100 Poetas . Volume 3, no Prêmio Literacidade Poesia 2015 - Categoria 4 – poemas breves e para a Coleção Sementes Líricas, todas da editora Literacidade. Foi selecionado para publicação na coleção Sementes Líricas com o livro de bolso Vozes que calam . poesia em Concurso também da Editora Literacidade. Teve poemas premiados relativos ao 2o. lugar no 12o. Prêmio Nacional de Poesia - Cidade Ipatinga no âmbito do 14o. Circuito de Literatura do Clube de Escritores de Ipatinga . 2015.  Foi premiado pela ABD com medalhas de prata e de destaque concernentes à sua participação em salões de arte e literatura como poeta. Foi premiado também com a menção honrosa em poesia nos concursos: XXXV Concurso Hermando Continentes,  XLI Concurso El Poder de la Palabra e XLV Concurso Palabras sin Fronteras 2015 do Instituto Latino-americano na Argentina.  Membro Correspondente da Academia de Letras de Teófilo Otoni. Membro da AVL (Academia Virtual de Letras). Membro da SAL (Sociedade de Artes e Letras de São Gonçalo). Membro da AGLAC (Academia Gonçalense de Letras, Artes e Ciências).

 

Contatos do autor:

Blog Arte-enlevo: https://arte-enlevo.blogspot.com.br/

Página Arte-enlevo: https://www.facebook.com/arteenlevo/

Página no Catálogo Online da Nossa Galeria de Arte:https://www.ngarteprodutoracultural.com.br/galeria/artistas/mauricio_duarte.html

Página no Catálogo Arte Atual: https://www.arteatualgaleria.com/?p=119

Página no Pendurô: https://atelierdearte.com.br/artista/61

Página de arte no facebook: https://www.facebook.com/pages/Artista-Visual-Mauricio-Duarte-Divyam-Anuragi/273787086012189?fref=ts

Página de literatura no facebook: https://www.facebook.com/pages/Escritor-Mauricio-Duarte-Divyam-Anuragi/181893438578227?fref=ts

Página no Recanto das Letras:https://www.recantodasletras.com.br/autores/mauricioduarte



 

 

dez. 2013

Mauricio Duarte - Colunista

A espiã por Paulo Coelho - por Maurício Duarte

A espiã por Paulo Coelho                   O livro A Espiã, livro de Paulo Coelho, é o tema do meu texto Meu Patrono Visto Por Mim.  Sendo a primeira incursão de Paulo Coelho no romance “meta-histórico”, entre a...

A poética de Waly Salomão - por Maurício Duarte

A poética de Waly Salomão   Crítica feroz e ácida que, no entanto, guarda o lugar cativo da imaginação, da fantasia e do lúdico, a poética de Waly Salomão transpassa eras, é atemporal.  O que, a princípio, poderia parecer datado ou de citação do século passado– e do milênio passado – não...

São Bernardo e sua especificidade literária - por Mauricio Duarte

São Bernardo e sua especificidade literária   A boa prosa não pode ser convertida em poesia.  Ela é romance, conto, crônica ou artigo e conta uma história, longa ou curta, explana uma ideia ou emite uma opinião.  Assim é com toda prosa de qualidade superior e assim é com São Bernardo...

Alexei Bueno - por Maurício Duarte

Alexei Bueno   Herdeiro de Homero (século VI a.C.), Alexei Bueno, segundo Ivan Junqueira, é ao mesmo tempo, coparticipante de toda literatura europeia desde Homero e incluindo a América Latina até os dias de hoje.   E por isto mesmo possui noção e consciência agudas de seu lugar no...

Mãe: nossa alma feminina - por Maurício Duarte

Mãe: nossa alma feminina Se fosse possível representar o conceito de Mãe com um dos elementos constitutivos da nossa existência, ou da nossa essência, a Mãe seria a nossa alma. Não seria o nosso corpo, repleto de necessidades físicas, nem o nosso espírito, repleto de diretrizes puras.  Seria a...

A aridez como verdade - por Maurício Duarte

A aridez como verdade   Em Graciliano Ramos sempre o menos é mais.  Nos livros Angústia, Vidas Secas e São Bernardo o mínimo de metáforas e evocação de imagens transmite o máximo de sensações e emoções.  O ascetismo do estilo revela o jeito rude do sertanejo, ou a insofismável...

A vida interior - por Maurício Duarte

A vida interior A vida interior de cada um tem luz, tem trevas, tem mistérios, sombras e espectros, tem verdades, compaixão e anjos.  É povoado de vários habitantes...  E em que o conhecimento ou o autoconhecimento pode nos auxiliar nesse sentido?  Em que conhecer a própria vida...

Loucura mundana e loucura divina - por Mauricio Duarte

Loucura mundana e loucura divina   A ciência atual não faz diferença entre loucura mundana e loucura divina.  Loucura é loucura, dizem os médicos especialistas, psiquiatras, psicólogos, psicanalistas e psicoterapeutas em geral.  Mas haverá diferença entre esses dois estados? Na Índia...

Sintonia com o divino - por Maurício Duarte

Sintonia com o divino   A sintonia com Deus depende de uma rotina ascética, cheia de orações, jejuns e/ou pagamentos de promessas em forma de suplícios?  Na verdade, uma rotina de orações, meditações e mantras é necessária para qualquer pessoa, mas o ascetismo em espiritualidade não...

Melancolia e saudade, tristeza profunda e saudosismo - por Maurício Duarte

Melancolia e saudade, tristeza profunda e saudosismo   Tristeza profunda não combina com espiritualidade.  Melancolia também não.  Há que se ter a diferença entre esses dois estados de ânimo, em geral negativos, e a pura e simples saudade ou o inofensivo, em grande parte das vezes,...

Honestidade - por Maurício Duarte

Honestidade   Ser honesto parece que virou raridade na nossa política atual.  O cenário brasileiro apresenta casos, denúncias, delações, investigações e toda sorte de desconfianças sobre a ética e a conduta de autoridades. Mas ser honesto é mais profundo do que a sua relação com a...

Pensamentos: a energia sutil - por Maurício Duarte

Pensamentos: a energia sutil   Pensamentos podem influenciar o mundo físico?  Não indiretamente, a partir de imaginação, pesquisa e projetos, mas de forma direta, simples e determinada?  Muitos esforços científicos são realizados hoje em dia que mostram essas possibilidades... Tais...

A descoberta da espiritualidade por Maurício Duarte

A descoberta da espiritualidade   Para mim, até os 13 anos de idade, mais ou menos, a espiritualidade, a verdadeira espiritualidade tinha a ver com os super-heróis das revistas de histórias em quadrinhos. O heroísmo, a abnegação e a determinação dos personagens principais, os super-heróis, era...

Começa mais um ano - por Maurício Duarte

 Começa mais um ano   Mais uma vez iniciamos um novo ano.  Nossas esperanças e anseios tornam-se realidades ou são esquecidos ao longo da caminhada.  Para quem está inserido em uma dinâmica de espiritualidade maior, é época de rememoração, resgate ou revalidação das expectativas...

Identidade virtual - por Maurício Duarte

Identidade virtual   Com que finalidade nos “escondemos” em redes sociais com pessoas que não conhecemos pessoalmente na maior parte?  Com que objetivo discutimosna web acaloradamente questões que muitas vezes só nos dizem respeito indiretamente ou, nem dizem respeito de forma nenhuma, em...

Entusiasmo - por Maurício Duarte

Entusiasmo   O ânimo ou o entusiasmo vêm em horas inadequadas? O “tesão”, o excitamento sexual ocorre quando não era para ocorrer?  Prova de saúde, de boa saúde e de vitalidade... Muitos não têm a motivação nem nas horas certas... De qualquer modo, seja o entusiasmo para o trabalho, o...

Transcedencia - por Maurício Duarte

Transcendência   A potencialidade infinita é nosso real Ser, nossa alma, nosso Eu Superior.  A alma de cada pessoa não é uma coisa. Ao contrário, é pura potencialidade.  E além disto, sua alma não pertence a você mais do que pertence a todos.  A alma é universal.  É o ponto...

O ciclo cobiça, obtenção, perda e frustração - por Maurício Duarte

O ciclo cobiça, obtenção, perda e frustração   O que é o ciclo cobiça, obtenção, perda e frustração?  É uma bola de neve que tendemos a repetir ao longo da vida e que só aumenta se não tomarmos consciência da sua existência. É uma cegueira que nos torna vítimas de nossos desejos sem que...

Portinari por Maurício Duarte

Portinari Candido Torquato Portinari nasceu numa fazenda de café, próximo de Brodowski, interior de São Paulo, em 1903. Tendo pouco estudo e não completando nem o ensino primário, aos 14 anos de idade foi recrutado como ajudante por uma trupe de pintores e escultores italianos que realizavam...

Carlos Scliar - por Maurício Duarte

Carlos Scliar O máximo do sintético num cubismo revisitado com carga gráfica pessoal e intransferível...  Assim vejo o trabalho artístico de Carlos Scliar; pintor, gravador, desenhista, ilustrador, designer gráfico, cenógrafo e roteirista.  Scliar nasceu em Santa Maria, no Rio Grande do...

Os arquétipos e a humanidade - por Maurício Duarte

Os arquétipos e a humanidade   O que significa arquétipo?  Vem do grego: arqui=antigo, arcaico + typo=padrão.  Significando: padrão arcaico. O pensador Carl Gustav Jung denominou como arquétipos as manifestações desses padrões fundamentais e recorrentes em mitos, religiões, folclore,...

Meditação e Liberdade - por Maurício Duarte

Meditação e liberdade   Pensar com os seus próprios pensamentos, caminhar com as suas próprias pernas, ver com os seus próprios olhos.  Isto é meditação.  E por que muitas pessoas não querem isto?  Porque traz responsabilidade, porque traz incômodo interno e externo. Todos ou...

Pontas soltas - por Maurício Duarte

Pontas soltas   A narrativa das nossas vidas, por vezes, se apresenta com pontas soltas.  Será isto sempre negativo?  Será isto um defeito ou uma qualidade? Pode ser algo positivo?  Na verdade, uma narrativa inconsistente só demonstra o que temos que digerir de modo mais...

Pai Eterno, eterno pai - por Maurício Duarte

Pai Eterno, eterno pai   Mesmo que o mundo diga que não, mesmo que os tempos sejam moucos, sei que meu pai sempre será o pai; Pai, que eterno, não deixa de sê-lo se ninguém acredita mais nele...   O trabalho e o valor do trabalho, mesmo quando nos tiram este mesmo trabalho... Seis dias...

Consciência plena - por Maurício Duarte

Consciência plena   A multidão, a massa, a turba nunca experimenta a consciência plena.  Esta faculdade é reservada aos indivíduos, a cada um, sozinho com Deus.  Por que isto ocorre? Talvez a resposta a esta pergunta passe pela noção de que a verdade não pode acontecer a todos; a...

Vida digital X Vida espiritual - por Maurício Duarte

Vida digital X Vida espiritual   O dia-a-dia não deixa espaço para uma vida espiritual, muitas vezes, e somos levados de rede social em rede social ou de aplicativo em aplicativo sem maiores meditações ou contemplações...  A vida digital com suas garras e tentáculos invade o cotidiano de...

A espetacularização da vilania - por Maurício Duarte

A espetacularização da vilania   É estranho e extremamente negativo o que se passa com a mídia em geral com relação a novelas, filmes, séries e mini-séries de entretenimento pop e de massa nessas narrativas de histórias com personagens maus, de uma maldade, às vezes, até absoluta e que parecem...

O começo é tudo - por Maurício Duarte

O começo é tudo   Precisamos mais de oração e meditação do que de alimento e de descanso no sono.  Quando compreendermos esta verdade de modo pleno, não só teremos consciência ampla de que necessitamos orar e meditar, mas efetivamente, iremos querer orar e meditar. Qual a vontade de Deus...

Alegrias e Dores - por Maurício Duarte

Evitar ou fugir das dores e valorizar ou exaltar as alegrias não é ser hedonista; é natural, é humano.  Desde que não exageremos.  Mas não podemos esquecer que, o contrário, valorizar e exaltar as dores e evitar ou fugir das alegrias é fanatismo e/ou masoquismo.  Os dois extremos são...

Vivendo a partir de impressões - por Maurício Duarte

Vivendo a partir de impressões   Parece que a situação é assim...  Quer me parecer que isto é desse modo...  Parece a mim que o caso é este...  A expressão inglesa ou extensamente utilizada pelos ingleses: It seems..., foi – e é, às vezes, ainda – largamente usada entre nós,...

Minha mãe - por Maurício Duarte

Minha mãe   Minha mãe é uma mãe de corpo e alma...  Quando eu era criança e eu colecionava os gibis e as revistas de histórias em quadrinhos, ela comprava sempre e me dava dinheiro para comprar.  Os super-heróis povoavam a minha imaginação e ela dizia: “Vai comer revista.”  Eu...

O poder criativo e criador da arte - por Maurício Duarte

O poder criativo e criador da arte   O mundo precisa de arte!  O mundo precisa de arte... O mundo precisa de arte?  A sentença pode ser dita destas três formas, a afirmativa, a subjetiva e a interrogativa ao mesmo tempo e, nas suas três formas, suscitar inquietações igualmente...

Estudo, trabalho e espiritualidade - por Maurício Duarte

Estudo, trabalho e espiritualidade   Esforçar-se é louvável, digno e honrado em quaisquer circunstâncias dos estudos e do trabalho.  A rigor, quem aprende, quem estuda para aprender, tem, de acordo com o próprio tempo destinado, a colheita em forma de conhecimento elevado ou...

Triste é ver que se vendem por tão pouco... - por Maurício Duarte

Triste é ver que se vendem por tão pouco...    Muitos se vendem por um lugarzinho ao sol, outros por 1 bilhão de reais... Tudo isso é muito pouco... Tanto o lugarzinho ao sol quanto o 1 bilhão de reais. Ter caráter é algo que já foi desmascarado por iluminados.  Mas a conduta...

A arte visionária e o uso ou não de psicoativos - por Maurício Duarte

O uso de drogas destrói a dignidade humana.  Isto é ponto de comum acordo entre profissionais de saúde e espiritualistas.  As exceções à essa regra seriam o Santo Daime e a União do Vegetal, bem como o uso de ayahuasca em contextos estritamente religiosos e espiritualizados com...

Informação, conhecimento e espiritualidade - por Maurício Duarte

Informação, conhecimento e espiritualidade   A Biblioteca Nacional no Rio de Janeiro contava em 1996 com 8 milhões de volumes, mais ou menos, e mantinha o posto de a 8ª. Biblioteca do mundo em importância. Por mais vasto que fosse ou que seja hoje o seu acervo não chega nem perto da...

1 | 2 | 3 | 4 >>

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor