Maria Estela Ximenes - Colunista

Maria Estela Ximenes - Colunista

Maria Estela Ximenes desde pequena soube que queria a sua vida cercada de livros. Na adolescência, iniciou a sua carreira profissional na área da Educação, fez Magistério, graduou-se em História e Pós-graduação em Gestão do Processo Ensino Educação. Atualmente é professora da Prefeitura de São Paulo, onde exerce dois cargos. É nas horas livres que o contato com os livros se efetiva de maneira particular e especial; são inúmeras páginas percorridas por seu olhar, páginas singulares, capazes de   estimular a imaginação. É sob a influência da imaginação  que ela  escreve, sobretudo crônicas, gênero interessante. Escreve para sites, antologias, é autora do livro um Pindaíba nunca está sozinho, e já vislumbra a publicação de outro, porque os livros e a escrita não são mera opção em sua vida, mas essenciais.   

 

Clique no livro para compra

 

 

 

Fev. 2014

Maria Estela Ximenes - Colunista

Olhar, Olhares - por Maria Estela Ximenes

OLHAR, OLHARES Olhar com sabedoria vai além da capacidade de visão, Como uma águia diante do  horizonte Além de julgamentos É enxergar o tom essencial da existência, O lado humano  A vida  é composta de  nuances O ser humano é  um arco-íris com   belíssimos ...

Distância - por Maria Estela Ximenes

DISTÂNCIA   Distanciar muitas vezes é o segredo, Distanciar das  incertezas do   mundo, Dos  maus hábitos que  perpetuam  Desencontros anunciados Distanciar,  Quando a  felicidade  é  apenas momentânea  Desassossego  que...

Permite - por Maria Estela Ximenes

PERMITE Turbulências ocorrem porque você permite, Permite  que a insegurança E o  desencanto  se multipliquem  As cores  se tornem borradas  diante de ti Permite que certas palavras possam ferir Diminuir o seu lado sensível  O sabor das coisas simples A beleza...

Humor Político - por Maria Estela Ximenes

HUMOR POLÍTICO   Um estrangeiro  caminhava  pela  cidade quando se depara com o slogan:  “Brasil, Pátria Educadora.” - A Pátria Educadora ainda está em cartaz? – perguntou para um homem que passava. - Não entendi  a  pergunta – respondeu o homem. - Perguntei...

Bienal PE Inspira - Um Novo Capítulo - por Maria Estela Ximenes

UM NOVO CAPÍTULO – LITERATURA, RESISTÊNCIA E TRANSFORMAÇÃO   Visitar ou participar de Bienais ou Feiras Literárias sempre me despertaram boas sensações. Me faz recordar o  trecho de um poema de Cora Coralina, “Quem sentirá a Vida destas páginas...Gerações que hão de vir de gerações que...

Eu Sei - por Maria Estela Ximenes

             EU SEI               Sei que  os corações são incertos,             Que todo   discurso é uma  aposta no...

O frio e a frieza - por Maria Estela Ximenes

O FRIO E A FRIEZA               O frio que congela um coração é o mesmo que se espera  durante longos períodos de calor. Porque todo exagero tem um endereço, quase sempre inexato que se direciona para lugares ou friezas...

Lucro - por Maria Estela Ximenes

LUCRO   De tanto ouvir notícias favoráveis sobre o pré-sal, o dono de uma empresa resolveu lucrar com o assunto. A primeira providência  foi fixar propagandas na frente da loja, ressaltando as vantagens de comprar um produto pré-sal: alta tecnologia, durabilidade,...

Pastor - por Maria Estela Ximenes

PASTOR            Um Pastor apaixonado sentia-se incomodado. Há  muitos anos morando com os seus donos, começou a escutar conversas obscuras. “O Pastor é meu, ele vai ficar comigo, é a  minha  companhia."  De orelhas em pé, ele nada fazia senão...

Muitos Carros - por Maria Estela Ximenes

MUITOS CARROS               Foi instituído  o dia 22 de setembro como  o Dia Mundial Sem Carro, mas segundo os últimos noticiários, normalmente a data  é celebrada com muito carros nas estradas do Brasil e no...

Aparentemente - por Maria Estela Ximenes

APARENTEMENTE               Não se sinta assombrado ou intimidado diante dos acontecimentos do cotidiano.  Tumulto  surge  e se transforma, para melhor ou pior. Uma  peleja entre vizinhos  na esquina de uma rua...

Genial - por Maria Estela Ximenes

GENIAL   - Alô, área livre? - Positivo. - Algum imprevisto? - Nenhum,  ocorreu conforme o combinado. - Foi genial a ideia de cobrar seguro de árvores,  com  as   enchentes na cidade, quem garante  a segurança das casas ? - Perfeito, o próximo passo é acionar...

Passos - por Maria Estela Ximenes

PASSOS   Siga, Não se esqueça de deixar pedrinhas no caminho Para indicar que já esteve no local E que não mais retornará, Siga, evite tropeços Caminhe com determinação Esqueça as tentativas e os erros passados, Esqueça até mesmo os caprichos e as vaidades mundanas Para que possa enxergar à...

Barata Intrusa - por Maria Estela Ximenes

BARATA INTRUSA   Em  dias  quentes, principalmente nas  casas  cujos quintais  existem  pomares,  é comum a presença de muitos insetos. Insetos no chão da casa, na parede,  no teto, sobrevoando ao redor, muitas vezes espalhando  pânico  na...

Reprise - por Maria Estela Ximenes

REPRISE      Outro dia,  ouvi uma entrevista de um artista famoso onde ele dizia que no auge dos seus 80 anos, o que mais lhe dava  nostalgia eram as boas lembranças que teve: de um flerte proibido,  uma caminhada na trilha, o primeiro salário, um abraço...

Mãe, um presente - por Maria Estela Ximenes

MÃE, UM PRESENTE   Mãe, palavra tão pequenina, mas de significado monumental, a  eterna amiga, distribuidora de um  amor incalculável. Impossível  não se emocionar quando lembramos   daquela que nos deu a vida,  nos carregou por nove meses no ventre, para em...

Pendura - por Maria Estela Ximenes

PENDURA   Logo que saiu para trabalhar, a mulher lembrou que havia esquecido de pendurar  as suas roupas  no varal  para secar. E justo num dia ensolarado. Ficaria confinada no apartamento, lavando e pendurando roupas alheias enquanto  as suas  estavam acumuladas...

Abraços de Livros - por Maria Estela Ximenes

ABRAÇOS DE LIVROS   Livros não são apenas objetos para manusear Tampouco  um conjunto de páginas numeradas Eles  vão além, São como o vento Distribuindo  carícias  em diversas   direções, Abrindo portas, espalhando imaginação e emoção, Livros são como abraço de mãe,...

Angústia de ontem e hoje - por Maria Estela Ximenes

ANGÚSTIA DE ONTEM E HOJE   Relendo o livro Angústia, de Graciliano Ramos, publicado em 1.936, encontrei nos capítulos semelhanças com os  indivíduos  da atualidade. A narrativa retrata o dilema do protagonista, um acanhado funcionário público que vive numa casa decadente e cheia de...

O povo, o caos - por Maria Estela Ximenes

O POVO, O CAOS   Olhando ao redor Você há de convir Buzina chorando, O povo clamando.   Olhando  a TV, face ou celular Você há de convir, Que tudo se resume em guerra, Enquanto o povo se atropela.   No país dos esquecidos Em constante carnaval, Abutres dominam o espaço, E o povo...

O Brasil e a Imprensa Internacional - por Maria Estela Ximenes

O BRASIL E A IMPRENSA INTERNACIONAL   15 de março de 2015, data em que milhares de brasileiros foram protestar  contra  o  atual governo. Como não poderia deixar de ser,  tamanha repercussão foi destaque na imprensa internacional. Profissionais estrangeiros,...

Distorcidos - por Maria Estela Ximenes

DISTORCIDOS   Naquele dia, o homem vestiu trajes  femininos e a mulher  trajes masculinos. Alguém tomou  café no  sol escaldante do deserto,  depois de se despir e cobrir o corpo com  uma  bandeira negra. Seria  uma  mensagem naquela...

Selfie entre famosos também - por Maria Estela Ximenes

Selfie entre famosos também   É permitido tirar uma selfie dentro dos banheiros de shoppings,  assim como no quarto, na festa, na rua ou no restaurante. Mas  não é permitido  tirar a selfie na hora do voto. Por que é proibido tirar selfie durante a votação? Segundo...

Promessas do ano - por Maria Estela Ximenes

PROMESSAS DO ANO   Início de ano,  um casal começou a fazer um balanço das promessas feitas no ano anterior. - Posso afirmar Paulo, que você deixou a  desejar quando o assunto foi  cumprimento de suas promessas. Nem sequer as promessas básicas conseguiu cumprir. - E quem...

Que Venha 2015... - por Maria Estela Ximenes

QUE VENHA  2015...   Quando ouvimos o choro de um recém-nascido, percebemos a mais singela essência. E quando se realiza o processo de destilação a vapor de uma planta, nasce a sua essência. Nunca é demais cultivar   a essência das coisas, buscando a sua...

Quando chove - por Maria Estela Ximenes

QUANDO CHOVE   Parecia uma ilha, não dessas ilhas belíssimas e paradisíacas , mas uma ilha cercada de dejetos, pessoas literalmente ilhadas, carros estacionados, buzinas incessantes. Dia de chuva em uma metrópole é um caos: água em abundância   nas estradas, entulhos impedindo o...

Um poema, uma eleição - por Maria Estela Ximenes

UM POEMA, UMA ELEIÇÃO   Tenho guardado não lembro exatamente onde,  uma nota de cinquenta cruzados novos, datada de 1990. Guardei essa nota até hoje não por ser  colecionadora de notas, mas  porque apreciava a  homenagem que a Casa da Moeda fez ao poeta Carlos Drummond de...

Desperdício de água e voto - por Maria Estela Ximenes

DESPERDÍCIO DE ÁGUA E VOTO   Nos últimos meses, é assunto nos principais jornais a questão da   redução do consumo de água no estado de São Paulo. Sobretudo  a falta de chuva e consequentemente, a queda  do volume de água  no Sistema Cantareira. A falta de chuva e as...

Essencial - por Maria Estela Ximenes

ESSENCIAL   Em época  de campanha eleitoral, é   interessante escapulir de alguns exageros: ignorar o excesso de imagens e inúmeros panfletos distribuídos como se fossem  a salvação da pátria. Pisar com ímpeto nas calçadas manchadas de promessas vazias. Desprezar pôsteres...

Dívida pós morte - por Maria Estela Ximenes

  DÍVIDA PÓS-MORTE   Se um trabalhador assalariado soubesse a data  de sua morte, o que faria com relação  as suas dívidas? Que tratamento daria aos  seus gastos? Certamente, não estaria feliz, sabendo a data de partida, mas a dor de cabeça de calcular as dívidas no final...

Sortudo é o cartão de crédito - por Maria Estela Ximenes

SORTUDO É O CARTÃO  DE CRÉDITO   Dívida é como enchente: invade locais vulneráveis e faz estragos. No caso das contas, a invasão acontece por meio de telefonemas, boletos ou um contrato assinado. Atrativos não faltam para a propagação do consumo e a mídia investe maciçamente a fim de...

Economia de Água - por Maria Estela Ximenes

ECONOMIA DE ÁGUA?   Dias desses, estava caminhando na calçada quando reparei no  homem que lavava os portões de uma casa;  bonita casa por sinal, dessas que sentimos a vontade de entrar para observar se o  interior é tão atraente por dentro quanto por fora. O homem segurava uma...

É Doce - por Maria Estela Ximenes

É DOCE   Muita coisa pode ser  doce: a vida, a criança, o açúcar. São doces os pequenos deleites  da vida, como um  banho de chuva, colher uma fruta madura, abraçar um filhote de animal, olhar antigas fotografias. É doce a sensibilidade latente de um ser. Uma pessoa torna-se...

Pichação - por Maria Estela Ximenes

PICHAÇÃO   Irritado com as constantes pichações nos muros das casas, o homem, resolveu efetuar a limpeza das fachadas. Durante o dia, trabalhava como contador, à noite, vestia   um macacão surrado, enchia  um balde com água e  saia esfregando as pichações que...

Tatuagem - por Maria Estela Ximenes

TATUAGEM   A fila para preencher a vaga de emprego era extensa. - Quais são os pré-requisitos para o preenchimento da vaga senhor? - Disponibilidade de tempo, boa comunicação e não possuir tatuagem no corpo – respondeu o atendente. - Não possuir tatuagem? Qual a relação entre o emprego e ...

<< 1 | 2 | 3 | 4 >>

Conheça outros parceiros da rede de divulgação "Divulga Escritor"!

 

         

 

 

Serviços Divulga Escritor:

Divulgar Livros:

 

Editoras parceiras Divulga Escritor